Resenha – Confesse / Colleen Hoover

Resenha – Confesse / Colleen Hoover

Resenha - Confesse / Colleen Hoouver

Confesse

Colleen Hoover

Editora Galera | 320 páginas | Romance Hot


Auburn Reed tem toda a sua vida traçada. Seus objetivos são à vista e não há espaço para erros. Mas quando ela entra em um estúdio de arte em Dallas em busca de um emprego, ela não esperava desenvolver uma profunda atração para o artista enigmático que trabalha lá, Owen Gentry.

Pela primeira vez, Auburn assume um risco e coloca seu coração no controle, apenas para descobrir que Owen está guardando grandes segredos. A magnitude de seu passado ameaça destruir tudo que é importante para Auburn, e a única maneira de colocar sua vida de volta nos trilhos é cortar Owen fora dela.

A última coisa Owen quer é perder Auburn, mas ele não consegue convencê-la de que a verdade às vezes é tão subjetiva quanto a arte. Tudo o que ele teria de fazer para salvar seu relacionamento é confessar. Mas, neste caso, a confissão poderia ser muito mais destrutiva do que o pecado em si.


Confissão :

substantivo feminino

1.ato ou efeito de confessar(-se).

2.revelação, diante de testemunha(s) privada(s) ou pública(s), que alguém faz de um ato censurável que cometeu.

Boa noite leitores, quis começar com o significado de confissão, pois acho que ela define de forma objetiva o que este livro fala.

Primeiramente precisamos falar sobre a Colleen Hoover, pois, ela é uma das mais bem sucedidas autoras de romance da atualidade. Ela é aquele estilo de autora que no primeiro livro que você lê dela, você sabe que tudo e qualquer coisa que ela escrever, você vai ler.

Ela consegue colocar temas difíceis de forma objetiva, e que te faz analisar outros pontos de vista, e que faz você entrar na história de uma maneira tão complexa, que em alguns momentos você passa a viver o que o casal principal esta vivendo.

E com isso, hoje trago um pouco sobre o livro Confesse, que gira em torno de confissões pesadas e reais, já que a própria autora pediu que os seus seguidores enviassem confissões em sua rede social, para que ela pudesse usar e construir um livro baseado em como segredos são capazes de destruir toda uma vida, e como os segredos podem mudar toda a trajetória de uma vida, e com essas confissões ela nos apresentou a historia de Auburn e Owen.

Bom, eu já ansiava a meses ler Confesse, porém sempre soube da carga emocional que os livros da CoHo causam e me deu aquele medinho de leitor, sobre o que poderia esperar neste livro.

“Acabei de me apaixonar completamente por essa música – diz ele. – E odeio essa música.”

O livro começa com dois adolescentes em um quarto de hospital, em uma despedida pra lá de emocionante, já que um deles está se despedindo do amor da sua vida para todo o sempre.

Após essa despedida, descobrimos que passam-se 8 anos, e acabamos descobrindo mais a fundo, o que aconteceu naquele dia.

Passado se 8 anos, vemos a Auburn de volta a Dallas, uma cidade que trás lembranças tristes, mas que ela vê como uma grande oportunidade de recuperar tudo aquilo que ela perdeu no passado. E para recuperar tudo isso, ela precisa urgentemente de um advogado, só que o salário em uma salão de belezas é insuficiente e por isso ela se vê obrigada a arrumar um segundo emprego, e nisso ela acaba conhecendo o misterioso e sexy Owen.

Owen é o dono de uma galeria de arte onde ele utiliza confissões aleatórias, deixadas na porta do seu estúdio como inspiração para suas pinturas. O que se vai conhecendo no decorrer da leitura é que ambos são assombrados pelo passado e influenciados por atitudes de terceiros, sempre se deixando manipular por pessoas que eles amam, e que utilizam deste amor para bem próprio.

“Ninguém merece estar dentro do seu corpo se não consegue entrar no seu coração primeiro”

Com o passar a leitura, eu me vi presa a toda aquela história, que apresentava coincidências e principalmente o destino de uma forma clara e assustadora, já que ele vai unindo pessoas e sentimentos profundos.

Além disso o livro conta com gravuras maravilhosas, que nos dão uma ideia das obras desenhadas pelo Owen, e que você vai conhecendo e se apaixonando a cada leitura.

Outra coisa muito legal desse livro, é que ele foi adaptado como uma série, porém infelizmente ele é de um canal americano de streaming, e no youtube tem poucos capítulos, alguns legendados para o português, mas sua maioria em inglês.

Enfim, espero que tenham gostado da resenha, e quem curtiu, pode entrar no nosso instagram @meu_romeo e dar o seu curtir.

Beijos e até a próxima resenha.