Resenha – O lado feio do amor / Colleen Hoover

Resenha – O lado feio do amor / Colleen Hoover

O lado Feio do Amor

Colleen Hoover

336 páginas | Editora Galera


O maior best-seller de Collen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo… apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor. O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.


⠀⠀⠀⠀
Mais um da série: como escrever sobre este livro, que nada mais é do que um dos meus favoritos.
⠀⠀⠀⠀
Bom, eu sempre me interessei demais por está capa e ano passado eu decidi comprá-lo e me apaixonei.
⠀⠀⠀⠀
Ele conta a história da Tate, uma mulher linda, talentosa, trabalhadora e forte que muda para a casa do irmão em São Francisco para fazer um mestrado e tudo saía como planejado, até que no dia de sua mudança ela se depara com um homem completamente bêbado na frente do apartamento do seu irmão, o até então desconhecido Miles Archer.
⠀⠀⠀⠀
A pedido de seu irmão, ela o coloca pra dentro do apartamento e a partir daí temos o início de uma das histórias mais conturbadas que eu já li.
⠀⠀⠀
Ambos não queriam uma relacionamento sério, mas a atração que sentem um pelo outro não os deixa ficar separados, tanto que Miles que é um homem quebrado pelo passado não consegue se controlar ao lado de Tate.
⠀⠀⠀⠀
Este livro conta a história em 2 momentos, um no presente narrado pela Tate, e outro no passado narrado pelo Miles, no qual ele conta o porque dele ser como é no presente.

⠀⠀⠀⠀

“- Não me pergunte sobre o meu passado – fala, com firmeza. – E nunca espere de mim um futuro.” (p. 94).
⠀⠀


Com o decorrer do livro, nos deparamos com uma Tate não querendo se iludir, mas se iludindo, e com um Miles não querendo dar falsas esperanças, mas dando.
⠀⠀⠀⠀
Quando chegamos a parte final, tudo parece fazer sentido. A capa (muito bem planejada por sinal), a formatação, o drama, e apesar de odiar o Miles em várioooos momentos, me vi apaixonada por ele no final.
⠀⠀⠀⠀
Me perdoem pelo tamanho da resenha, mas ela não é nada comparada ao meu amor por este livro.

⠀⠀⠀⠀
“- O amor nem sempre é bonito, Tate. Às vezes você passa o tempo inteiro desejando que um dia ele mude. Que melhore. E aí, antes que perceba, você já voltou para a estaca zero e perdeu o seu coração em algum lugar no meio do caminho.” (p. 172).

Espero que tenham gostado da resenha, e até a próxima.
⠀⠀⠀⠀