Resenha: Campeao de Gaia

Resenha: Campeao de Gaia

Campeões de Gaia (Trilogia Três Domínios)
Novo Século || 318 páginas


SINOPSE: Há cerca de quatrocentos anos, Celo, deus-pai e senhor dos céus, teria designado uma família para governar toda Gaia e instaurar sua ordem divina. Sobre as cinzas de seus inimigos, os Draconem então construíram o maior e mais vasto império já visto, dominando a tudo e a todos, como lhes era de direito.
Quando seu pai morre, trinta e cinco anos após a Rebelião de Krallik, Kayla percebe que não havia mais nada que a prendesse à pacata fazenda onde crescera no interior de Jardinsul. Ela estava livre para explorar o mundo que até então conhecia apenas pelas páginas de livros e para gravar seu nome na História. Determinada sua partida, Trevor, seu leal amigo, não vê escolha que não segui-la e descobrir, junto dela, o seu próprio destino.
Entretanto, a dupla logo aprenderá que a realidade pode ser mais dura do que contavam as histórias, que sequelas de séculos de disputas podem ser fortes o bastante para pôr em xeque a paz imperial e, consigo, a vida de todos os habitantes de Gaia.


Essa é mais uma história que me fez ficar imersa em seus acontecimentos, entre tantas batalhas, fugas, traições eu só conseguia recuperar o fôlego rapidamente para ser inserida novamente em mais um grande desdobramento!  Kayla e Trevor são amigos desde a infância e com a morte do pai de Kayla ela decide tomar um novo rumo em sua vida longe do antigo povoado, Trevor sempre foi seu fiel companheiro e não iria lhe deixar sozinha nessa nova decisão! 
Vamos acompanhando os amigos nessa nova maneira de viver, eles precisam se tornar mercenarios para poderem sobreviver, em busca de alguns trabalhos mais pesados eles cobram seu preço!
Entre esses trabalhos podemos distinguir bem o temperamento dos amigos, o autor conseguiu fazer com que Kayla se tornasse a personagem mais forte e destemida entre tantos brutamontes, sua inteligência e sangue frio foram se tornando maiores e a deixaram um pouco sem humanidade, diferentemente de Trevor que mesmo entre tantas desavenças continuou com sua bondade e  carregava consigo o desejo de resolver as coisas das melhores formas possíveis!
A ligação que os amigos compartilham é quase palpável e durante mais um trabalho eles se veem no meio de uma conspiração de rebelião contra o imperador de Draconem e precisam avaliar de qual lado irão ficar!
Minha única ressalva é sobre a rapidez nos acontecimentos, os amigos logo são inseridos nessa vida de mercenarios e quando concluíam um trabalho já estavam em outro, o que não atrapalha nenhum pouco a leitura, mas como eu amo detalhes acabou passando muito rápido as ações!

 O desenrolar dos fatos foi gratificante, pois seguiu a minha linha de raciocínio, levando em conta toda a aura de lutas e rebeliões não poderia terminal de forma diferente se não impactante!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s