Resenhas: Vem Comigo / Karma Brown

Resenhas: Vem Comigo / Karma Brown

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

303 páginas || @karmakbrown || @veruseditora


Sinopse: Cheio de amor e esperança, Vem comigo é uma comovente celebração da força do espírito humano. Tegan Lawson tem tudo o que poderia querer da vida, incluindo Gabe, seu marido amoroso, e um bebê a caminho. Mas um acidente deixa a vida de Tegan tão devastada como o carro do qual ela foi resgatada.Entre a perda do bebê e a raiva incontrolável por Gabe, que estava dirigindo naquela noite, Tegan está afundando em tristeza. E, quando ela pensa que chegou ao fundo do poço, Gabe a lembra do “pote dos desejos”, uma coleção das viagens e experiências dos sonhos do casal. E assim se inicia a aventura. Dos tumultuados mercados da Tailândia até os sabores da Itália e as ondas do Havaí, Tegan e Gabe embarcam em uma jornada para escapar da tragédia e encontrar o perdão. Mas, quando as coisas tomam um rumo chocante no Havaí, Tegan é forçada a encarar a verdade — e a decidir se a vida ainda vale a pena, mesmo que não seja exatamente como ela sonhou.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VEM COMIGO, que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Tegan Lawson tem uma vida maravilhosa. Está grávida do primeiro filho e é casada com o homem dos seus sonhos, Gabe.

Tudo ia bem, até que durante uma viagem um acidente ocorre e ela acaba perdendo o bebê que estava esperando.

Devastada com a perda, já que não consegue superar ter perdido o bebê que tanto sonhou, ela acaba descontando toda a sua frustração no condutor do carro, ou seja, seu marido.

É então que Gabe lembra que eles tinham feito um “pote dos desejos” onde incluíram locais que queriam conhecer e sonhos que queriam realizar ao longo da vida.

Partindo então em busca de uma recuperação psicológica, eles partem primeiro para a Tailândia, depois viajam para a Itália e logo depois para o Havaí, onde existem lembranças de um momento feliz.

Serão capazes de se perdoar? Existe uma forma de recomeçar a vida mesmo com uma perda tão grande?

⠀⠀⠀⠀

🌷Este livro me trouxe um mix de sensações. Vou citar aqui alguns sentimentos que eu tive durante a leitura.

Primeiro eu fiquei triste, triste pela perda que eu imagino o quanto deve ser dolorosa.

Depois eu senti raiva, muita raiva. Raiva porquê você sabe quando uma pessoa está sofrendo e você não consegue entender como o sofrimento de um, pode ser maior que o outro, sendo que ambos têm perdas.

Depois eu sofri, sofri muito.

Porque este livro me surpreendeu de tantas formas e terminei ele chorando. Chorando muito.

Enquanto eu ia lendo, e pela sinopse falar que algo acontecia na viagem ao Havaí, eu fiquei naquela expectativa enorme até chegar nesta parte. E quando ela chegou, meus amigos, como doeu.

Doeu tanto. Mas tanto!

Nós nunca sabemos a dor do outro. Nunca sabemos a melhor forma de superar uma perda. Por mais que sentimos varias coisas, cada um sente de uma forma. E esta forma é tão única e dolorida, que você sente na alma enquanto você lê este livro.

É um livro especial, e eu sei que vou me lembrar da história dele durante muito tempo ainda. Porque é algo que marca. É algo que cria raízes no coração para todo o sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s