Resenha: Solidão acompanhada / Ana Beatriz Barbosa Silva e Lauren Palma

Resenha: Solidão acompanhada / Ana Beatriz Barbosa Silva e Lauren Palma

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

149 páginas || Ana Beatriz Barbosa Silva e Lauren Palma || @globolivros


Sinopse: Solidão acompanhada marca mais uma incursão da consagrada psiquiatra Ana Beatriz Barbosa Silva na ficção, desta vez em parceria com a estreante Lauren Palma.

Eleonora, a protagonista, está solteira, mora num quarto e sala bancado por seus pais e não tem muita ideia do que fazer com a tela em branco que parece ser sua vida. Seu mundo é extremamente conectado, embora ela tenha uma crescente noção de que cada pessoa é, mais do que nunca, uma ilha. Enquanto tenta arrumar um amor, uma vocação, um grupo de amigos, o sucesso nas redes sociais e algum sentido para sua existência, Eleonora diverte o leitor com as confusões do seu dia a dia e suas observações ácidas e sagazes sobre o mundo que a cerca. Impossível não se identificar.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro SOLIDÃO ACOMPANHADA, que eu recebi em parceria com a Globo Livros.

Eleonora está completamente perdida.

Morando em um apartamento minúsculo bancado por seus pais, sem amigos com quem compartilhar sua rotina, recebendo convites pelo Facebook e indo a eventos que não quer ir, só para mostrar que está bem e que é bem sucedida, quando na verdade ela não sabe nem o que fará com o resto da sua vida, ela não sabe qual caminho seguir.

Como é para uma mulher jovem, viver em um mundo totalmente tecnológico, que na teoria viria para unir, mas que na verdade acaba a deixando mais solitária? Só lendo para descobrir.

⠀⠀⠀⠀

🌷Para mim, uma pessoa totalmente ligada nas redes sociais, este livro foi algo que me fez pensar demais.

Com capítulos curtos e contando um pouco da rotina da protagonista, acompanhamos como na realidade é a vida de muitas pessoas mundo a fora.

Muitos parecem ser cercados de amigos, mas no íntimo quando precisam de alguém, na verdade não tem com quem contar.

Muitos vivem uma fachada de vida perfeita, quando na verdade se escondem atrás de uma solidão que é muito mais difícil de sair do que parece.

Este livro tem uma escrita tão rápida e fluida, que quando você vê, já leu 50 páginas em pouco tempo, já que os capítulos são curtos e de uma escrita fácil.

Adorei demais conhecer a Eleonora e me identifiquei com ela em mais situações do que eu esperava.

Uma reflexão sobre o quanto somos solitários e muitas vezes acabamos nem percebendo isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s