Resenha: A padaria dos finais felizes / Jeny Colgan

Resenha: A padaria dos finais felizes / Jeny Colgan

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

336 páginas || @jennycolganbooks || @editoraarqueiro


Sinopse: “Amei A padaria dos finais felizes. Fazia tempo que não encontrava uma distração tão maravilhosa e reconfortante como a que tive ao me perder nestas belas páginas.” – Jane Green, autora de A cidade dos bebês

Um balneário tranquilo, uma loja abandonada, um apartamento pequeno. É isso que espera Polly Waterford quando ela chega à Cornualha, na Inglaterra, fugindo de um relacionamento tóxico.

Para manter os pensamentos longe dos problemas, Polly se dedica a seu passatempo favorito: fazer pão. Enquanto amassa, estica e esmurra a massa, extravasa todas as emoções e prepara fornadas cada vez mais gostosas.

O hobby se transforma em paixão e ela logo começa a operar sua magia adicionando frutos secos, sementes, chocolate e o mel local, cortesia de um lindo e charmoso apicultor.

A padaria dos finais felizes é a emocionante e bem-humorada história de uma mulher que aprende que tanto a felicidade quanto um delicioso pão quentinho podem ser encontrados em qualquer lugar.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A PADARIA DOS FINAIS FELIZES, que eu recebi em parceria com a Editora Arqueiro e foi resenhado pela colaboradora Beth.

Esse livro conta a história de Polly Waterford, que quando termina um relacionamento tóxico e está quase sem dinheiro, resolve se afastar de tudo e todos e acaba indo parar numa cidade praiana na Inglaterra, onde aluga um apartamento abandonado caindo aos pedaços.

Mesmo sem a estrutura de um “lar”, Polly que está perdida e num lugar desconhecido, começa a se dedicar ao seu hobby favorito: fazer pães.

O que ela não imaginava era que logo esse hobby começasse a fazer sucesso devido aos aromas que se espalharam pela cidade.

Polly então começa a fazer amizades pela cidade e conhece Huckle, que largou seu trabalho para se dedicar a produção de mel de abelhas, e juntos criaram um laço muito forte.

🌷Eu diria primeiramente que essa história é leve e contagiante.

A medida que você vai lendo e conhecendo a história da Polly, você acaba se encantando por ela e por sua força de vontade.

Esse é aquele tipo de livro leve, e que é ótimo, principalmente depois que você acaba um livro mais pesado.

Apesar do romance ter algumas semelhanças com o livro anterior, isso não me atrapalhou na leitura, e em alguns momentos gostei até mais desse casal do que do anterior.

É uma história sobre se reinventar, não desistir e lutar sempre por mais que tenha acontecido coisas ruins ao longo da sua vida.

Achei a história cativante e recomendo a todos que gostem de histórias fofas e bem gostosinhas de ler.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s