Resenha: Birthday Girl / Penelope Douglas

Resenha: Birthday Girl / Penelope Douglas

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

407 páginas || @penelope.douglas || @thegiftboxbr


JORDAN
Ele me acolheu quando eu não tinha outro lugar para ficar.
Ele não me usa, me magoa ou se esquece de mim. Ele não me trata como nada, não me despreza, ou me faz sentir insegura.
Ele se lembra de mim, ri comigo e olha para mim. Ele me escuta, me protege e me enxerga. Sinto seus olhos em mim sobre a mesa do café da manhã, e meu coração dispara quando o ouço entrar na garagem depois do trabalho.
Preciso parar isso. Não pode acontecer.
Minha irmã me disse uma vez que, não existem homens bons, e se você encontrar um, ele provavelmente será comprometido.
Só que o comprometido aqui não é Pike Lawson.
Sou eu.

PIKE
Eu a acolhi porque pensei que estava ajudando.
Ela prepararia algumas refeições e daria uma limpada na casa. Era um acordo simples.
Com o passar dos dias, porém, está se tornando tudo, menos simples. Tenho que parar de pensar nela e de prender a respiração toda vez que nos esbarramos pela casa. Não posso tocá-la, e eu não deveria querer.
Quanto mais me vejo cruzando o seu caminho, mais ela se torna parte de mim.
Mas não estamos livres para ceder a essa atração. Ela tem dezenove anos e eu trinta e oito.
E sou pai do namorado dela.
Infelizmente, os dois acabaram de se mudar para a minha casa.

* BIRTHDAY GIRL é um romance contemporâneo, adequado para maiores de 18 anos.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro BIRTHDAY GIRL – o presente perfeito, que eu já tinha lido em inglês, mas que recentemente foi publicado pela The Gift box.

Jordan é uma adolescente de 19 anos, linda e que adora ver filmes de terror, mas ela e seu namorado acabam de ser expulsos do apartamento no qual moravam.

Sem ter onde ficar, eles acabam indo morar com o pai de seu namorado.

O que Jordan não esperava, era que o pai dele fosse ser bem mais atraente do que ela jamais sonhou.

Só que ele é proibido pra ela.

Era pra ser um arranjo simples: ela iria cozinhar e ajudar nos afazeres domésticos em troca de morar lá, só que quando os olhares começam a ficar intensos e a sintonia de ambos começa a ficar mais forte, o que eles podem fazer?

⠀⠀⠀⠀

🌷QUE LIVRO. QUE LIVRO!

Eu confesso que quando eu li a sinopse, eu fiquei intrigada e cheguei a ter um pouco de preconceito com a temática, mas como eu poderia não me surpreender mais?

Desconsiderem a sinopse, desconsiderem o improvável, desconsideram preconceitos e se joguem nessa história.

E que história.

Foi meu primeiro contato com a escrita da Penélope Douglas, e já quero ler tudo o que ela escrever.

Esse é um livro onde a autora pegou um tema complicado e escreveu de uma forma tão doce, tão delicada, que é impossível você não terminar o livro torcendo demais pelo casal. Esqueça tudo o que pode pensar de ruim dele, esqueça a diferença de idade e todos os fatos que fariam eles serem um casal impossível, e foque totalmente no romance.

Eu precisava escrever essa resenha pra vocês, porque simplesmente não posso guardar o que eu senti ao ler este livro.

O Pike é surreal, sem palavras pra falar de um homem como ele, e ver como a Jordan complementava ele foi surreal.

E sempre acho que destino, quando tem que ser, tem que ser, e não importa o que aconteça, ele está destinado a acontecer.

Eu poderia ficar horas aqui enumerando motivos pra você ler, mas quero que você pegue ele e de uma chance e me conte depois que você se apaixonou pela história como eu fiz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s