Resenha: Amor em Manhattan

Resenha: Amor em Manhattan

Resenha 🌷

384 páginas || @sarahmorganwrites || @harlequinnbooksbrasil

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro AMOR EM MANHATTAN, primeiro livro da série “Para Nova York, com amor” e que foi publicado pela editora Harlequinn.

Paige Walker é uma mulher extremamente determinada. E quando ela é demitida do emprego dos seus sonhos, ela fica muito triste.
E então quando vem a ideia de se juntar a outras duas amigas e criar uma nova empresa de organização de eventos e concierge, ela fica super animada.

Só que ser sua própria chefe nem sempre é tão fácil.

E quando o melhor amigo de seu irmão, Jake Romano decide ajudá-la, ela sabe que pode não ter um bom plano, afinal nutre uma amor não correspondido por ele há anos.

O que começa com um negócio de trabalho, acaba se tornando bem mais.
Só que Jake não quer saber do amor. Será que Paige será capaz de mudar esse conceito em seu coração?
⠀⠀⠀⠀
🌷Sou totalmente suspeita quando pego um livro onde o amor começou na adolescência, pois é um dos meus clichês favoritos.

A Paige sofreu muito na sua infância, já que teve muitos problemas de saúde quando criança, mas isso ao invés de torná-la alguém fraca, só a tornou mais forte e determinada.

O Jake por outro lado é aquele sonho de consumo para qualquer mulher: forte, decidido, fofo e totalmente apaixonante, mas que claro não quer saber nada sobre o amor.

É um livro que te tira da ressaca literária, justamente porque é um livro leve e que logo nas primeiras páginas, já faz você se apaixonar pela trama e pelo casal principal.

Não tem nenhum drama muito forte, o que eu particularmente acho ótimo, quando pego um livro assim. Afinal, nem sempre o leitor quer sofrer ou chorar quando lê um livro.

É clichê? É sim, senhor.
É apaixonante? Do início ao fim.
Tem final feliz? E como tem.
E não é isso que nós leitores de romances queremos? Então… se joga nesse livro e vem ser feliz.

Resenha: O livro do mau humor

Resenha: O livro do mau humor

Resenha 🌷

111 páginas || @okkisot || @globolivros

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O LIVRINHO DO MAU HUMOR, que eu recebi em parceria com a editora globo livros.

Você é mau humorado? Mas, mau humorado mesmo, daquele tipo de pessoa que quando acorda não gosta nem de dar bom dia? Ou aquele tipo de pessoa que cria ranço de algumas pessoas só de elas falarem alguma coisa para você? Pois se você respondeu sim para alguma dessas perguntas este livro é perfeito para você.

Eu confesso que eu sou o mau humor em pessoa. Eu detesto gente mal educada, ou pessoas que eu tenha que explicar a mesma coisa mais de uma vez, ou até mesmo quem é lerdo para andar no metrô, na rua, ou dirigindo.

Neste livro você extravasa todo o seu ranço, birra, ódio, decepção e tudo o que envolve estes temas.

É um livro pra você se soltar.

Liste as pessoas que você não gosta, liste quem te irritou naquele dia, desabafe sobre tudo aquilo que você gostaria de dizer para uma pessoa e não tem coragem até porque sabe que vai magoá-la.

Se permita sentir o ranço, até porque te garanto que depois que você preencher metade do livro, você vai se sentir mais leve e realizado.

Resenha: A voz do arqueiro

Resenha: A voz do arqueiro

Resenha

336 páginas || @miasheridanauthor || @editoraarqueiro

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A VOZ DO ARQUEIRO, que foi publicado pela Editora Arqueiro.

Bree Prescott acaba de chegar a pequena cidade de Pelion, com o único objetivo de deixar seu passado para trás.

E quando sem querer acaba esbarrando em um enigmático homem, ela fica muito interessada em saber quem ele é.

O que ela não sabe é que Archer Hale, além de sua beleza enigmática, seus músculos bem definidos e sua cara de poucos amigos, na verdade se esconde de todo mundo por causa de um passado traumático e pelo fato de ser mudo.

Só que a medida que seus caminhos vão se cruzando mais e mais, uma atração começa a surgir e o amor acaba se sobressaindo acima de tudo.

Será que eles serão capazes de superar todo os seus traumas para ficar juntos?
⠀⠀⠀⠀
🌷Sabe quando você ganha um livro super desejado e por algum motivo você acaba sempre adiando a leitura por medo do que este livro vai ter trazer? Pois bem, isto aconteceu comigo.

Eu demorei mais de 1 ano e meio para ler, mesmo tendo ele aqui comigo, e posso dizer que só me arrependo de ter esperado tanto tempo para conhecer essa história incrível.

Quando eu comecei a ler, pela sinopse eu já sabia que o Archer seria mudo e fiquei com medo de como a autora iria retratar essa deficiência, e ela me surpreendeu.

A Mia criou um livro tão, mas tão lindo, que logo no começo eu já me conectei com ele e não conseguia parar de ler.

É uma história mágica. Um livro com uma história de amor tão maravilhosa, que foi impossível não favoritar ele.

A personagem feminina, Bree me encantou demais. Apesar dela fugir do seu passado, a forma como ela foi se redescobrindo e ajudando o Archer a se aceitar e se amar, foi tão linda, que essa leitora aqui, chorou muito.

Que história encantadora, apaixonante e que te faz acreditar no bem das pessoas.

Eu amei tanto que me faltam até um pouco as palavras pra explicar tudo o que eu senti lendo.

Foi incrível e vou guardar pra esse este livro no meu coração.

Resenha: Uma proposta indecente

Resenha: Uma proposta indecente

Resenha 🌷

400 páginas || @emmawildes || @cherishbooksbr


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA PROPOSTA INDECENTE, que eu li em inglês, mas que no Brasil foi publicado pela Cherish Books.

Durante uma bebedeira, dois dos maiores libertinos de Londres, o Conde de Manderville e o Duque de Rothay fizeram uma aposta bem indecente: quem é o melhor amante?
Lady Caroline Wynn é uma respeitável viúva, que quando fica sabendo da tal aposta, se interessa, pois tem algumas dúvidas escandalosas a respeito da intimidade entre casais.

E então ela propõe um acordo para ambos: ela aceita participar da aposta, desde que não revelem sua identidade.

O que parecia ser só mais um acordo, acaba transformando a vida de todos para sempre.

🌷Eu simplesmente amei esse livro.
Quando eu vi a sinopse dele ainda em inglês, eu soube que eu precisava ler, pois já achei de cara a história bem original.

E claro que, comprei o e-book e não me arrependi.

Eu adorei o Duque. Adorei mesmo. Ele foi um personagem que me surpreendeu demais durante todo o livro.

Quando eu vejo Duques em romances de época, estou sempre acostumada a homens mais sérios, muito devido a criação que possuem, mas o Duque de Rothay me surpreendeu, porque ele foi encantador, romântico e muito amoroso.

O conde também foi uma grata surpresa, até porque eu consegui visualizar ele totalmente, e eu adoro isso em uma leitura.

Apesar da sinopse um tanto escandalosa para a época, a história é contada com uma leveza tão grande, que eu não via a hora de acabar pra ver o desenrolar de todos os personagens.

Foi o meu primeiro contato com a autora, e quando eu vi que a editora Cherish iria publicar o livro no Brasil, eu fiquei torcendo muito para que eles trouxessem mais livros da autora, já que amei sua escrita envolvente e fluída.

Não posso deixar de citar a Lady Caroline, que com sua força e curiosidade, me encantou demais.

Para os amantes de romance de época e que gostam de histórias que fogem do padrão das demais, este livro é uma ótima pedida.

Favoritei e recomendo demais a leitura.