Resenha: 36 perguntas que mudaram o que eu sinto por você / Vicki Grant

Resenha: 36 perguntas que mudaram o que eu sinto por você / Vicki Grant

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

252 páginas || Vicki Grant || @veruseditora


Sinopse: 36 perguntas que mudaram o que sinto por você é inspirado por um estudo real de psicologia, popularizado pelo The New York Times e a coluna “Modern Love”. Hildy e Paul têm as próprias razões para participar de um estudo do departamento de psicologia da universidade local que tem o intuito de “facilitar uma proximidade pessoal e, talvez, resultar em um relacionamento”. O experimento consiste em 36 perguntas, algumas inofensivas, como Quando foi a última vez que cantou sozinho?; outras nem tanto, como Qual sua mais terrível memória? As questões ajudam os dois a desnudar para o outro ― e para si mesmos ― sentimentos muitas vezes reprimidos. Segredos são revelados; vulnerabilidades, expostas. Hildy e Paul chegam ao fim do questionário entre risos e lágrimas, e baiacus voadores! Mas a pergunta mais importante permanece: eles se apaixonaram?


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro 36 PERGUNTAS QUE MUDARAM O QUE SINTO POR VOCÊ que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Hildy e Paul acabaram de aceitar um novo estudo que consiste em responder 36 perguntas, onde o intuito é “facilitar uma proximidade pessoal e, talvez, resultar em um relacionamento”. Com algumas perguntas leves, e já outras bem mais complexas, eles acabam criando uma conexão, que até então não imaginavam.

Mas será possível que 36 perguntas podem fazer você se apaixonar por alguém? Ou este estudo vai ser em vão para ambos?

Será que pessoas tão diferentes, podem acabar se conhecendo tão bem, e aceitem desnudar sua alma para um até então completo desconhecido?

⠀⠀⠀⠀

🌷Sabe quando você termina o livro e não sabe o que sentir? Pois então, foi exatamente assim quando acabei o livro.

No começo eu tive um pouco de dificuldade de me conectar com os personagens, mas a medida que eu fui lendo e conhecendo eles, isso foi melhorando bem.

Algumas perguntas são bem difíceis, principalmente se você for realmente sincero.

Achei profundo em muitos momentos e gostei da troca de informação entre os personagens.

Não sei se sabem, mas esse estudo é real, e gostei da autora trazer isso para um livro.

Tem uma determinada carta que me deixou bem tocada, porque ali, senti de verdade que os personagens passaram a ser totalmente reais.

Pensando sobre a história e sobre nós mesmos, fiquei fazendo uma reflexão: como é você contar e confiar toda a sua história para um completo desconhecido?

Precisa ter coragem pra participar do estudo e apesar de ser por razões diferentes que os personagens participam, achei eles de uma coragem ímpar e acabei torcendo por um final feliz.

Resenha: O pretendente / Mary Balogh

Resenha: O pretendente / Mary Balogh

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

43 páginas || Mary Balogh || @editoraarqueiro


Sinopse: Se as circunstâncias fossem diferentes, Philippa Dean ficaria feliz em se unir ao visconde Darleigh. Não há dúvida de que ele é um cavalheiro perfeito e reúne tudo o que os pais dela desejam: tem um título, é lindo e respeitável. O fato de ter perdido a visão apenas reforça seu poder e sua força.

Mas Philippa não o ama. Seu coração já foi conquistado e só há uma decisão sensata a tomar: frustrar os planos de casamento com o visconde.

Julian Crabbe está desesperado para salvar a mulher por quem se apaixonou dois anos atrás. Na época ele era um jovenzinho inconsequente e merecia o desprezo dos pais de Philippa. Mas agora tem todos os predicados de um pretendente adequado e está determinado a provar isso antes que seja tarde demais.

Invadir a festa na propriedade do visconde? Ótimo. Impedir que o casal mais aguardado da temporada fique junto? Com certeza! Porque o amor não pode mais esperar.

“Essa é Mary Balogh em seu melhor momento. Todo mundo ama um herói ferido, e Balogh nos apresenta uma inesquecível história sobre o poder de cura do amor. ” – Debbie Macomber, autora de O amor mora ao lado


Olá leitores, hoje trago a resenha do conto O PRETENDENTE, que é o livreto 1.5 da série Clube dos Sobreviventes, que eu recebi em parceria com a editora arqueiro.

Philippa Dean sabe que um casamento com o Visconde Darleigh seria um ótimo negócio para ela e sua família.

Mas, ela não sente nada por ele, seu coração foi fisgado quando tinha apenas 16 anos por outra pessoa.

Ela sabe que o certo, seria aceitar este compromisso, mas agora que tem 18 anos, ela tem a chance do seu felizes para sempre com o homem que sempre sonhou.

Será que seus pais deixarão ela escolher seu par perfeito?

⠀⠀⠀⠀

🌷Que conto mais amor.

Ele é bem curtinho, e eu fiquei com um gostinho enorme de quero mais.

A autora conseguiu me fazer ter uma empatia enorme pela mocinha, porque ela mostra um lado humano que eu gostei bastante.

Eu terminei o conto querendo bem mais do casal, achei tão fofo o jeito deles.

Eu acho que quem leu a série, tem que comprar o conto que está disponível na Amazon, garanto que vale a pena.

Quem também adora casais que nasceram na adolescência?

Resenha: Correspondentes

Resenha: Correspondentes

Dia da Imprensa 🌷

#meuromeoindica

532 páginas || @globolivros


Sinopse: A Globo Livros lança, em parceria com o Memória Globo, Correspondentes – Bastidores, histórias e aventuras de jornalistas brasileiros pelo mundo, obra que reúne mais de cem histórias de jornalistas que foram ou são correspondentes internacionais da Globo. O livro, escrito entre a razão e a emoção, é composto por vinte autores que misturam fato e memória. Caco Barcellos, César Tralli, Edney Silvestre, Ernesto Paglia, Ilze Scamparini, Jorge Pontual, Lucas Mendes, Luís Fernando Silva Pinto, Marcos Losekann, Marcos Uchoa, Pedro Bial, Renato Machado, Ricardo Pereira, Roberto Feith, Roberto Kovalick, Rodrigo Alvarez, Sandra Passarinho, Sergio Motta Mello, Silio Boccanera e Sônia Bridi compartilham as experiências mais marcantes da carreira, em 49 países. São relatos inéditos, que levam o leitor a viajar no tempo e no espaço, percorrendo mais de quarenta anos de jornalismo da Globo no exterior.


Olá leitores, não sei se vocês sabem, mas hoje dia 01 de junho é comemorado o dia da imprensa.

É um dia muito importante, pois a imprensa tem como função preservar a liberdade de expressão e trazer notícias e informações sobre o ocorre em todo o mundo.

Pensando nisso, hoje trago como indicação o livro CORRESPONDENTES, que foi publicado ano passado pela Globo Livros, e que traz histórias de alguns dos maiores correspondentes jornalísticos do Brasil.

Segue a sinopse:

A Globo Livros lança, em parceria com o Memória Globo, Correspondentes – Bastidores, histórias e aventuras de jornalistas brasileiros pelo mundo, obra que reúne mais de cem histórias de jornalistas que foram ou são correspondentes internacionais da Globo. O livro, escrito entre a razão e a emoção, é composto por vinte autores que misturam fato e memória.

Caco Barcellos, César Tralli, Edney Silvestre, Ernesto Paglia, Ilze Scamparini, Jorge Pontual, Lucas Mendes, Luís Fernando Silva Pinto, Marcos Losekann, Marcos Uchoa, Pedro Bial, Renato Machado, Ricardo Pereira, Roberto Feith, Roberto Kovalick, Rodrigo Alvarez, Sandra Passarinho, Sergio Motta Mello, Silio Boccanera e Sônia Bridi compartilham as experiências mais marcantes da carreira, em 49 países. São relatos inéditos, que levam o leitor a viajar no tempo e no espaço, percorrendo mais de quarenta anos de jornalismo da Globo no exterior.

Muito interessante, não é?

Estou super ansiosa pra começar a leitura, pois sei que é um livro cheio de histórias reais e repassadas por pessoas que viveram e cobriram aqueles momentos.

Você também gosta de estar antenado sobre o que acontece no Brasil e no mundo?

Resenha: Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente / onde dorme o amor

Resenha: Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente / onde dorme o amor

Resenha 🌷

244 páginas || @textoscrueisdemais || @globoalt


Sinopse: O segundo livro do coletivo literário TCD mantém toda a poesia e sensibilidade que encantou milhares de leitores. Nesta coletânea de textos inéditos, os autores exploram o amor, o perdão e a cura em seus diversos aspectos, do modo poético e sensível que já lhes é característico. Prezando sempre pela pluralidade, Onde dorme o amor é um manifesto em prol do amor próprio e da aceitação, e esmiúça as nuances, delicadezas e vulnerabilidades que perpassam os relacionamentos humanos. Com as notáveis ilustrações de Júlio Almeida, este livro abraça todas as complexidades de ser, desconstruindo conceitos e lugares-comuns.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro TEXTOS CRUÉIS DEMAIS PARA SEREM LIDOS RAPIDAMENTE – ONDE DORME O AMOR, que eu recebi em parceira com a Editora Globo Alt.

O amor possui várias nuances.

Existe o amor pelas suas formas, pelo próprio jeito, amor pela sua personalidade, o amor pelo outro, o amor pelas diferenças, o sentimento de perda ocasionado pelo amor por algo ou alguém.

Em onde dorme o amor, temos um manifesto em prol dessas várias nuances e destes vários tipos de amor.

São textos fortes. Textos que você lê e se identifica de uma forma tão única que parecem que foram escritos para você mesmo.

Por mais que o título fale que é cruel demais para ler rapidamente, como não fazê-lo?

Você se pega tão envolto por esses textos, que você não consegue parar a cada página virada.

Eu me identifiquei tanto com vários deles, que parecia que eram escritos pra mim, e eu tenho certeza de que todo mundo que ler vai se identificar com eles.

Que livro incrível. Busco palavras para expressar o quanto eu me senti envolvida por ele.

Eu acabei em poucas horas e tenho certeza de que muitas vezes vou voltar para ler os meus poemas e textos favoritos.

É um livro pra carregar do seu lado, um livro que você vai precisar ler e reler, e a cada nova leitura você vai identificar e se sentir de uma forma diferente.

Recomendo que conheça ele e entenda mais sobre todas as formas de amor.

Resenha: Ferida / Nana Pauvolih

Resenha: Ferida / Nana Pauvolih

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

352 páginas || @clubeessencia || @nanapauvolih


Sinopse: Primeiro livro da série Segredos “Em sua inexperiência e doçura, deixava-me mais doido do que jamais estive. E eu, que pensava que já tinha visto tudo, que me guiava pela força e pela violência, estava domado pela sua delicadeza.” – Theo Theodoro é o mais velho dos irmãos Falcão e assumiu os negócios da família após uma grande tragédia. Com personalidade marcante, dura e impositiva, tornou-se um homem acostumado ao poder e a ter a última palavra. Até que em seu caminho entra Eva, uma jovem com metade da sua idade que quer a qualquer custo se vingar da família Falcão. Trazendo com ela segredos do passado e usando uma identidade falsa, Eva está disposta a tudo para seduzir Theo e lutar contra uma grande injustiça cometida com seus avós e sua mãe. Mas, quando em meio ao ódio de Eva e aos fetiches de Theo surge uma poderosa atração, eles precisarão decidir quem irá ceder nessa disputa de gerações.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro FERIDA que eu recebi da parceria da Day do Lendo 1 bom livro com a Editora Planeta.

Eva quer se vingar da família Falcão de toda forma.

Segredos do passado fazem com que ela crie uma identidade falsa e resolva fazer de tudo para se envolver com o patriarca da família Falcão.

Theodoro é charmoso e está acostumado a ter tudo o que quer, mas quando uma mulher bem mais nova cruza o seu caminho e o faz contestar tudo o que sabia sobre sentimentos, ele não sabe o que sentir.

Ele é um dominador por natureza, e ela é capaz de se tornar uma submissa para se vingar a todo custo.

Mas quem manda no coração? Como uma relação baseada em segredos, vingança, ódio, e intrigas pode ser forte e sobreviver? Só lendo para entender.

⠀⠀⠀⠀

🌷 Foi meu primeiro contato com a autora e quando eu vi a nota do livro no skoob eu fiquei super curiosa para ler este livro.

A sinopse me intrigou porque adoro histórias com vinganças e segredos e estava bem animada pra ler.

Eu gostei de algumas partes, mas tive muita raiva do mocinho em muitos momentos, infelizmente.

O Theo é um dom, como um dom deve ser. Esqueça 50 tons e foque que aqui o Theo, é dominador e não aceita um não, e por não estar acostumada eu acabei estranhando um pouco.

Mas pesquisando mais sobre o assunto, vi que é normal e que muitos dominadores agem assim e passei até a entender um pouco ele.

Fiquei bem chocada com os segredos. Muitas coisas eu sequer imaginei e acho que eles são o ponto alto da história. Você consegue se surpreender demais e eu adoro isso quando estou lendo.

Estou bem curiosa pra ler o próximo.

Lançamento: Trono destruído / Victoria Aveyard

Lançamento: Trono destruído / Victoria Aveyard

 

untitled

Nesta coletânea, que encerra a série A Rainha Vermelha, você vai descobrir mais sobre o universo avassalador da saga que já vendeu mais de meio milhão de exemplares no Brasil.

Trono destruído é uma coletânea essencial para todos os leitores da série best-seller de Victoria Aveyard que ficaram com vontade de passar mais tempo com os personagens depois do fim de Tempestade de guerra.
Com design especial, o livro traz os dois contos já publicados (“Canção da rainha” e “Cicatrizes de aço”), além de quatro histórias inéditas que darão aos leitores mais um vislumbre de seus personagens favoritos e a chance de conhecer caras novas.
O volume ainda conta com mapas exclusivos, bandeiras, registros sobre a história de Norta e muito mais!

Lançamento: e se fosse a gente

Lançamento: e se fosse a gente

 

81A1wQCRZcL.jpg

Becky Albertalli, autora do sucesso Com amor, Simon, se une a Adam Silvera para contar uma nova história de amor inesquecível

Em Com amor, Simon, Becky Albertalli conquistou o público jovem com sua narrativa sensível e apaixonante sobre um menino gay prestes a viver uma grande história de amor. Em E se fosse a gente?, ela se une ao escritor Adam Silvera para narrar o encontro de dois garotos que não poderiam estar em momentos mais diferentes da vida, mas que vão desafiar os poderes do universo para ficarem juntos.

De férias em Nova York, Arthur está determinado a viver uma aventura digna de um musical da Broadway antes de voltar para casa. Já Ben acabou de terminar seu primeiro relacionamento, e tudo o que mais quer é se livrar da caixa com todas as lembranças do ex-namorado.

Quando eles se conhecem em uma agência dos correios, parece que o universo está mandando um recado claro. Bem, talvez não tão claro assim, já que os dois acabam tomando rumos diferentes sem ao menos saberem o nome ou telefone um do outro.

Em meio a encontros e desencontros — sempre embalados por referências a musicais e à cultura pop ¬—, Ben e Arthur se perguntam: e se a vida não for como os musicais da Broadway e os dois não estiverem destinados a ficarem juntos? Mas e se estiverem? Aos poucos, eles percebem que às vezes as coisas não precisam ser perfeitas para darem certo e que os planos do universo podem ser mais surpreendentes do que eles imaginam.