Resenha: O bom partido / Curtis Sittenfeld

Resenha: O bom partido / Curtis Sittenfeld

 

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

318 páginas || Curtis Sittenfeld || @planetadelivrosbrasil


Sinopse: Uma versão moderna e emocionante do clássico Orgulho e preconceito Uma versão da família Bennet – e de Mr. Darcy – como você nunca viu antes. Liz trabalha como escritora em uma revista e, assim como Jane, sua irmã mais velha instrutora de yoga, mora em Nova York. Preocupadas com os recentes problemas de saúde do pai, elas voltam à cidade onde nasceram para ajudar – e acabam descobrindo que tanto a bela casa em que cresceram quanto sua família estão desmoronando. As irmãs mais novas Kitty e Lydia estão ocupadas demais com seus treinos de CrossFit e dietas para arranjar empregos. Mary, a irmã do meio, está fazendo seu terceiro mestrado à distância e quase não sai do quarto, exceto para suas aventuras misteriosas nas noites de terça. E a Sra. Bennet só pensa em uma coisa: como casar suas filhas, especialmente com o aniversário de quarenta anos de Jane se aproximando. Até que chega à cidade o cobiçado médico Chip Bingley, famoso por ter participado do reality show Bom Partido. Em um churrasco de Quatro de Julho, Chip e Jane se interessam imediatamente um pelo outro, mas seu amigo neurocirurgião Fitzwilliam Darcy não tem a mesma sorte com Liz. Primeiras impressões, porém, podem estar erradas.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O BOM PARTIDO, que eu recebi da parceria da best, Day @lendo1bomlivro com a Editora Planeta.

Liz é escritora de uma coluna em uma revista de Nova York, tem um trabalho sólido e um relacionamento com um amigo à muitos anos.

Ela vive bem e feliz junto com a sua irmã Jane, que é professora de Yoga.

Até que um dia seu pai acaba ficando doente e elas resolvem voltar a sua cidade natal para ajudá-los.

Suas irmãs, Kitty e Jane, só pensam em treinar numa academia de Crossfite e Mary, só quer saber de ficar no quarto estudando.

Enquanto isso a Sra Bennet, quer casar de todo jeitos suas filhas com bons maridos e não perde a oportunidade quando surge a chance de apresentá-las para um dos médicos mais famosos da cidade, o Dr Chip Bingley que participou de um famoso reality show.

Em meio ao eminente relacionamento de Jane e Chip, Liz conhece o melhor amigo de Chip, que é um homem arrogante e metido.

⠀⠀⠀⠀

🌷Este livro é uma releitura do clássico Orgulho e Preconceito, só que escrito de uma forma atual.

Os personagens tem profissões diferentes, possuem uma família e opiniões diferentes, porém com a mesma essência do clássico.

As cenas famosas ainda estão presentes, e apesar de um pouco diferente, ainda me fizeram relembrar totalmente a história.

É como se eu tivesse lendo uma fanfic e isso me deu uma nostalgia enorme da época que eu lia muitas no Orkut (sim, faz tempo kkk). Eu gostei da história, claro que é clichê e que eu já sabia o que iria acontecer, mas gosto de pensar em como seria a história se fosse da forma mais atual, e isso o livro me proporcionou demais.

A Liz é mais atual, e o Darcy é mais apaixonante. A família ainda é uma bagunça, e as irmãs ainda são tão doidinhas como no clássico.

Eu estava com saudades dessa família e gostei da forma como a autora reconstruiu a história.