Resenha: Esse duque é meu / Eloisa James

Resenha: Esse duque é meu / Eloisa James

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

320 páginas || @eloisajamesbooks || @editoraarqueiro


Sinopse: QUINTO E ÚLTIMO VOLUME DA SÉRIE CONTOS DE FADAS.

Nas mãos de Eloisa James, autora de best-sellers do USA Today e The New York Times, os contos de fadas que amamos quando crianças assumem uma nova vida vibrante e sensual.

“A releitura de Eloisa James de A princesa e a ervilha contém a tríade romantismo, personagens envolventes e história cativante.” – Publishers Weekly

“Uma versão brilhante de mais um conto clássico. Você nunca mais olhará da mesma forma para ervilhas, colchões e até mesmo heróis.” – Library Journal

Era uma vez, numa época não muito distante…

Para Olivia Lytton, seu noivado com o duque de Canterwick é mais uma maldição do que uma promessa de ser feliz para sempre. Pelo menos o título de nobreza dele ajudará sua irmã, Georgiana, a garantir o próprio noivado com o carrancudo – e lindo – Quin, o duque de Sconce, um par perfeito para ela em todos os sentidos.

Quer dizer, menos em um, porque Quin está apaixonado por Olivia. A curvilínea, teimosa e inconformista irmã gêmea de sua noiva desperta um desejo desconhecido nele. Mas Quin nunca coloca a paixão à frente da razão, e a razão lhe diz que Georgiana é a noiva perfeita.

Quando eles não conseguem resistir à paixão, correm o risco de colocar tudo a perder – o noivado de Olivia, a amizade dela com a irmã e o próprio amor dos dois.

Agora só há uma coisa capaz de salvá-los, e ela espera no quarto, onde um magnífico colchão guarda respostas transformadoras ao enigma mais romântico de todos.

No quinto livro da coleção Contos de Fadas, Eloisa James traz de volta à baila uma pergunta antiga: será que a perfeição tem alguma coisa a ver com o amor?


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro ESSE DUQUE É MEU, que eu recebi em parceria com a Editora Arqueiro.

Olívia Lytton sabe desde criança, que será uma Duquesa.

Apesar de sua família não ter títulos, ainda quando criança ela foi prometida ao Duque de Canterwick, porém isso está longe de ser algo bom.

Mesmo sabendo que seu destino não é ser feliz no amor, ela está feliz, pois poderá proporcionar a sua irmã gêmea Georgiana, a oportunidade de ter um dote e conseguir um bom marido.

E quando Georgiana tem a chance de conquistar também um duque, o Duque de Sconce, ela acredita que a irmã tirou a sorte grande.

O que ela não esperava era que esse duque fosse ser charmoso, carrancudo, lindo demais e que uma atração poderosa fosse surgir entre eles.

Mas Olívia sabe que ele é perfeito para sua irmã, mesmo percebendo a intensa atração que sentem um pelo outro.

Mas quem manda no coração? Onde muitos corações podem ser machucados, qual a melhor opção a seguir?

🌷Quando eu comecei a ler este livro, eu fiquei com sérias dúvidas se eu iria gostar ou não e que grata surpresa que ele foi.

Eu simplesmente viciei.

Me viciei de uma forma tão intensa, que eu não consegui parar até chegar ao final.

Meu fraco por amores impossíveis e contos de fadas é um adendo à parte.

Eu fiquei apaixonada. Eu amei a Olívia e sua língua afiada, ela é de uma inteligência formidável.

Eu adorei o Duque e seu jeito ranzinza, mas ao mesmo tempo doce e apaixonado.

Eu amei a Georgiana e também amei os demais personagens na história, incluindo a fofa, Lucy.

Eu acho que amei cada parte do livro.

Pra mim, um livro tem o momento certo para ser lido, e este livro chegou até mim no momento exato.

Ele me trouxe expectativa, me trouxe diversão, me trouxe amor, me trouxe esperança e me trouxe felicidade. Enfim, me trouxe sentimentos bons.

E não é pra isso que nós lemos? Eu leio para ficar feliz e este livro me trouxe o mesmo sentimento que eu tive quando li o primeiro livro desta série. E o que eu senti lendo o primeiro? Uma vontade absurda de ler ele novamente, porque o amor por ele veio e ficou.

Resenha: A dama mais desejada / Julia Quinn, Eloisa James e Connie Brockway

Resenha: A dama mais desejada / Julia Quinn, Eloisa James e Connie Brockway

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

271 páginas || @juliaquinnauthor @eloisajamesbooks @connie.brockway || @editoraarqueiro


Sinopse: Original e deliciosamente divertido, A dama mais desejada esbanja perspicácia e sensualidade. E o melhor de tudo: é maravilhosamente gratificante.” – Booklist

“Apaixonante, alegre e divertido.” – Library Journal

Três das estrelas mais brilhantes dos romances de época convidam você para uma festa na casa de campo do ilustríssimo marquês de Finchley

Hugh Dunne, o irresistível conde de Briarly, precisa de uma esposa. Para ajudá-lo, sua irmã convida as mais elegantes damas da sociedade, assim como alguns cavalheiros, para uma festa em sua propriedade.

A reunião inclui a incrivelmente bela (e dolorosamente tímida) Gwendolyn Passmore, a sincera e adorável Katherine Peyton e a viúva lady Georgina Sorrell, além de alguns condes e até um arrojado herói de guerra.

Durante o evento, que promete ser o grande acontecimento da temporada, Hugh terá tempo suficiente para eleger a dama que mais deseja. A não ser que outro cavalheiro seja mais rápido.

Nesse caso, quem sabe ele acabe cortejando uma moça que definitivamente não está no mercado casamenteiro, e que vai exigir uma boa dose de perseverança…


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A DAMA MAIS DESEJADA, que eu recebi em parceria com a Editora Arqueiro.

O irresistível conde de Briarly, está à procura de uma esposa.

Depois de um acidente de cavalo, e sabendo que possui a obrigação de produzir um herdeiro, ele acaba se vendo obrigado aos laços matrimoniais.

Ao contar isso para sua irmã, ela decide criar uma lista de pretendentes e convida-las para passar uma época na propriedade de campo da família, já que a temporada social chegou ao fim.

E então ela convida a magnífica Gwendolyn Passmore, a decidida e encantadora Katherine Peyton e sua melhor amiga Georgina Sorrell, que é viúva e que precisa se distrair.

Além disso, Carolyn decide convidar alguns cavalheiros e outras damas, com o intuito de arrumar a melhor esposa para Hugh.

Só que alguns cavalheiros serão mais rápidos se Hugh não prestar atenção.

⠀⠀⠀⠀

🌷Fofura extrema esse livro.

Quando eu vi que ele seria escrito por três autoras, eu fiquei pensando em como elas desenvolveriam a trama e eu adorei a forma como elas construíram a história.

Com contos contando um pouco de cada casal que ia se desenvolvendo em meio a trama, e a cenas em comum, você logo fica torcendo por eles.

Achei os casais tão fofos e com uma química tão forte, que ficquei querendo muito mais deles.

Achei os personagens incríveis, doces, inteligentes e engraçados demais.

Eles têm umas brincadeiras no decorrer da história, que eu sorria só de imaginar eles naquela época brincando de esconde-esconde por exemplo.

Achei como um todo a ideia de criar este livro, muito boa.

Claro que a medida que você vai lendo, e pra quem conhece as autoras, você logo identifica qual foi responsável por cada casal.

Gostei muito do livro e estou ansiosa pra saber como será o próximo, já que esse apresentou casais muito fofos e divertidos.

Resenha: O pretendente / Mary Balogh

Resenha: O pretendente / Mary Balogh

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

43 páginas || Mary Balogh || @editoraarqueiro


Sinopse: Se as circunstâncias fossem diferentes, Philippa Dean ficaria feliz em se unir ao visconde Darleigh. Não há dúvida de que ele é um cavalheiro perfeito e reúne tudo o que os pais dela desejam: tem um título, é lindo e respeitável. O fato de ter perdido a visão apenas reforça seu poder e sua força.

Mas Philippa não o ama. Seu coração já foi conquistado e só há uma decisão sensata a tomar: frustrar os planos de casamento com o visconde.

Julian Crabbe está desesperado para salvar a mulher por quem se apaixonou dois anos atrás. Na época ele era um jovenzinho inconsequente e merecia o desprezo dos pais de Philippa. Mas agora tem todos os predicados de um pretendente adequado e está determinado a provar isso antes que seja tarde demais.

Invadir a festa na propriedade do visconde? Ótimo. Impedir que o casal mais aguardado da temporada fique junto? Com certeza! Porque o amor não pode mais esperar.

“Essa é Mary Balogh em seu melhor momento. Todo mundo ama um herói ferido, e Balogh nos apresenta uma inesquecível história sobre o poder de cura do amor. ” – Debbie Macomber, autora de O amor mora ao lado


Olá leitores, hoje trago a resenha do conto O PRETENDENTE, que é o livreto 1.5 da série Clube dos Sobreviventes, que eu recebi em parceria com a editora arqueiro.

Philippa Dean sabe que um casamento com o Visconde Darleigh seria um ótimo negócio para ela e sua família.

Mas, ela não sente nada por ele, seu coração foi fisgado quando tinha apenas 16 anos por outra pessoa.

Ela sabe que o certo, seria aceitar este compromisso, mas agora que tem 18 anos, ela tem a chance do seu felizes para sempre com o homem que sempre sonhou.

Será que seus pais deixarão ela escolher seu par perfeito?

⠀⠀⠀⠀

🌷Que conto mais amor.

Ele é bem curtinho, e eu fiquei com um gostinho enorme de quero mais.

A autora conseguiu me fazer ter uma empatia enorme pela mocinha, porque ela mostra um lado humano que eu gostei bastante.

Eu terminei o conto querendo bem mais do casal, achei tão fofo o jeito deles.

Eu acho que quem leu a série, tem que comprar o conto que está disponível na Amazon, garanto que vale a pena.

Quem também adora casais que nasceram na adolescência?

Resenha: Esperança / Lesley Pearse

Resenha: Esperança / Lesley Pearse

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

560 páginas || Lesley Pearse || @editoraarqueiro


Sinopse: Inglaterra, 1836. O nascimento de Hope pode ser o prelúdio de um escândalo. Prova do adultério da aristocrata lady Harvey, a menina é entregue a uma das empregadas e cresce sem saber de sua verdadeira origem.

Porém, quando completa 14 anos e vai trabalhar na mansão dos Harveys, ela vê algo que não deveria e é forçada a fugir para os cortiços de Bristol, em meio à miséria e à doença.

Durante uma epidemia de cólera, a coragem e a gentileza de Hope provocam uma reviravolta em sua vida e ela se vê envolvida em uma guerra, cuidando dos doentes. Mas o destino parece ter outros planos para Hope, e logo a jovem precisará enfrentar os segredos por trás de seu nascimento.

Esperança é um romance impactante sobre uma mulher que, apesar de todos os empecilhos, mantém em seu coração o desejo de um dia encontrar a felicidade que tanto merece.

“Um épico emocionante que você não vai esquecer tão cedo.”– Woman’s Weekly

“Lesley Pearse é uma das autoras mais amadas em todo o mundo.” – My Weekly

“Uma saga apaixonante.” – Bella

“Lesley cria personagens cativantes e se destaca como uma verdadeira contadora de histórias.” – Daily Mail


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro ESPERANÇA, que eu recebi em parceria com a Editora Arqueiro.

Hope sofreu muito. Ela já nasceu em cima de um escândalo, no qual é fruto do relacionamento de sua mãe com outro homem.

Com isso, ela acaba sendo entregue a outra família, que acaba cuidando dela como fila legítima.

Mesmo crescendo em uma família pobre, ela vive bem.

Até que sua vida acaba tendo uma mudança enorme, onde ela vira enfermeira em meio à guerra, e sua vida tem uma enorme mudança, já que seu passado e segredos acabam retornando, e sua vida poderá mudar para sempre.

⠀⠀⠀⠀

🌷Sabe aquele título que tem total relação com a história? Pois bem, é esse.

Esperança é quando você acredita em algo, mesmo que tudo diga o contrário, e a Hope é a prova de que esperança nos leva a qualquer lugar.

A Hope nos mostra que em busca da felicidade, nós somos capazes de tudo e que se confiarmos em nós mesmos e fizermos as coisas com o coração puro, tudo dará certo.

E olha que ela sofreu, como sofreu essa personagem.

Ela passa por tantas privações e provações desde que nasceu, que é impressionante o quanto ela é batalhadora.

Ela é um exemplo de mulher, e ver que no final de tudo ela não desistiu dos seus sonhos, me fez acreditar em muita coisa.

Este é um livro longo, mas mesmo com tantas páginas, a leitura é tão viciante que eu quase tinha dificuldade de parar no final do capítulo, isso porque no meu planejamento eu iria ler 1 capítulo por dia, mas confesso que tinha dias que eu continuava a ler, porque me prendia demais.

Eu adorei.

É sofrido? É sim.

É triste? Sim, mas você termina se sentindo bem mais forte e acreditando bem mais em você, até porque se a Hope conseguiu, porque você não irá conseguir vencer todos os obstáculos?

Gostei bastante e recomendo a leitura de Esperança, principalmente pra quem gosta de um bom drama.

Resenha: Uma proposta e nada mais / Mary Balogh

Resenha: Uma proposta e nada mais / Mary Balogh

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

271 páginas || Mary Balogh || @editoraarqueiro


Sinopse: Primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, Uma proposta e nada mais é uma história intensa e cativante sobre segundas chances e sobre a perseverança do amor. “Mary Balogh escreve com perspicácia e inteligência. Este é um livro emocionante e divertido, o primeiro de uma série que promete ser extraordinária.” – Romance Reviews Today “Um romance de época de profundidade impressionante.” – Publishers Weekly Após ter tido sua cota de sofrimentos na vida, a jovem viúva Gwendoline, lady Muir, estava mais que satisfeita com sua rotina tranquila, e sempre resistiu a se casar novamente. Agora, porém, passou a se sentir solitária e inquieta, e considera a ideia de arranjar um marido calmo, refinado e que não espere muito dela. Ao conhecer Hugo Emes, o lorde Trentham, logo vê que ele não é nada disso. Grosseirão e carrancudo, Hugo é um cavalheiro apenas no nome: ganhou seu título em reconhecimento a feitos na guerra. Após a morte do pai, um rico negociante, ele se vê responsável pelo bem-estar da madrasta e da meia-irmã, e decide arranjar uma esposa para tornar essa nova fase menos penosa. Hugo a princípio não quer cortejar Gwen, pois a julga uma típica aristocrata mimada. Mas logo se torna incapaz de resistir a seu jeito inocente e sincero, sua risada contagiante, seu rosto adorável. Ela, por sua vez, começa a experimentar com ele sensações que jamais imaginava sentir novamente. E a cada beijo e cada carícia, Hugo a conquista mais – com seu desejo, seu amor e a promessa de fazê-la feliz para sempre.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA PROPOSTA E NADA MAIS, que é o primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, e que foi publicado pela Editora Arqueiro.

Gwendoline, mais conhecida como Lady Muir, é uma jovem viúva, que após a morte de seu marido fechou seu coração para o amor.

Mas quando durante uma caminhada, ela acaba caindo e um homem acaba à auxiliando, ela sente seu coração bater novamente como quando era casada com seu falecido esposo.

Lord Trentham, é um ex-oficial, e junto com seus amigos faz parte do Clube dos sobreviventes.

Ele é carrancudo, mal humorado, e tudo o que Gwen não procura nem em um amante, muito menos em um marido.

Mas o desejo às vezes pode ser mais forte. Será que eles conseguirão colocar as diferenças de lado em prol do verdadeiro amor?

⠀⠀⠀⠀

🌷Confesso que quando eu comecei, eu tive uma dificuldade de me identificar com os personagens.

Eu achava a mocinha um tanto chatinha e o mocinho muito depressivo, o que me incomodou um pouco no princípio.

Mas a medida que eu fui lendo, fui me apegando a eles e vendo o quanto um fazia bem pro outro, e com isso eu aprendi a gostar deles.

Em alguns momentos, até suspirei e achei as cenas e as implicações entre eles fofa e gostosa.

Além disso, muitos personagens são apresentados, o que faz com que nos apeguemos a vários deles e que te deixe curioso sobre eles no decorrer da leitura.

A escrita da Mary Balogh é muito envolvente, você acaba lendo o livro muito rápido, de tanto que a história vai fluindo bem.

Eu consegui visualizar as cenas, consegui terminar apegada aos personagens e super feliz com o final. E agora é claro, super curiosa pra ler o próximo livro e me apaixonar.

Resenha: Torre do amor / Eloisa James

Resenha: Torre do amor / Eloisa James

Resenha🌷

#resenhameuromeo

352 páginas || @eloisajamesbooks || @editoraarqueiro


Sinopse: Quando Gowan, o magnífico duque de Kinross, decide se casar, seu plano é escolher uma jovem adequada e negociar o noivado com o pai dela. Ao conhecer Edie no baile de apresentação dela à sociedade, ele acredita que, além de linda, ela também seja a dama serena que ele procura e imediatamente pede sua mão.

Na verdade, o temperamento de Edie é o oposto da serenidade. No baile, ela estava com uma febre tão alta que mal falou e não conseguiu prestar atenção em nada, nem mesmo no famoso duque de Kinross. Ao saber que seu pai aceitou o pedido do duque, ela entra em pânico. E quando a noite de núpcias não é tudo o que podia ser…

Mas a incapacidade de Edie de continuar escondendo seus sentimentos faz com que o casamento deles se desintegre e com que ela se recolha à torre do castelo, trancando Gowan do lado de fora.

Agora o poderoso duque está diante do maior desafio de sua vida. Nem a ordem nem a razão funcionam com sua geniosa esposa. Como ele conseguirá convencê-la a lhe entregar as chaves não só da torre, mas também do próprio coração?


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A TORRE DO AMOR, que eu recebi em cortesia com a Editora Arqueiro.

O maravilhoso Duque de Kinross, precisa de uma esposa, e sabe bem o que procura.

Uma bela mulher que saiba ser submissa e que exerça a função de ter seus herdeiros, para assim perpetuar seu ducado.

E quando conhece a belíssima Edie, ela parece ser a moça perfeita.

Bonita, submissa, de uma boa família e que tem tudo para ser a esposa ideal.

Porém, logo após fechar o acordo para que se casem, ele percebe que ela não é de fato a moça boazinha e que falava pouco que acreditava.

Mas ele já está tão encantado por sua beleza, que mesmo assim segue com os planos de casamento.

Porém, após o casamento o matrimônio não é bem o que ambos esperavam, e problemas na noite de núpcias e posteriormente acabam afastando o casal, e fazendo com que o Duque mude todos os seus planejamentos.

🌷Essa história é a continuação da série Contos de Fadas, e ele é inspirado na história da Rapunzel, e algumas referências de Romeu e Julieta.

Eu estava bem curiosa pra saber como a autora iria recriar um romance de época baseada em um dos clássicos que eu amo.

Eu gostei do tema do livro e achei uma história boa, mas infelizmente algumas coisas me incomodaram.

Acredito que a autora, poderia ter colocado alguns acontecimentos no meio do livro e acabei de fato vendo a semelhança com Rapunzel, somente no final da história.

O tema que ela trata é importante e pouco retratado em romances em geral e este foi o ponto alto da história, já que foi algo diferente.

Mas apesar disso, achei o começo um tanto quanto “devagar”, e que demorou muito para resolver algumas coisas que poderiam ter acontecido no meio do livro.

As últimas 30/40 páginas, valeram por toda a história e acredito que se tivessem acontecido antes, teria feito com que eu gostasse mais da trama.

Como eu disse antes, é um bom livro e merece ser lido, pois é uma tema inovador e que muitas mulheres sofrem e que por falta de diálogo e vergonha acabam não tratando.

No fim, gostei da história e recomendo ela.

O próximo livro vem aí, e estou bem curiosa sobre o tema que a autora vai inserir nele.

Resenha: Já disse que te amo? Estelle Maskame

Resenha: Já disse que te amo? Estelle Maskame

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

335 páginas || @estellemaskame || @editoraarqueiro


Sinopse: PRIMEIRO VOLUME DA TRILOGIA JÁ DISSE QUE TE AMO.

Romance, lealdade e drama em uma trilogia que envolve o leitor desde a primeira página.

“As consequências de um divórcio, os segredos de família e, principalmente, as dores do primeiro amor conduzem esta história sobre amadurecimento, vibrante de emoções.” – Publishers Weekly

“Um livro forte, com uma irresistível pitada de amor proibido.” – Booklist

Três verões inesquecíveis de segredos, mágoas e amores proibidos e avassaladores.

Eden Munro foi para a Califórnia aproveitar o sol, as praias e celebridades. Seria um verão maravilhoso se ela não tivesse que conhecer sua nova família, repleta de estranhos: um pai que não vê há três anos, uma madrasta simpática até demais e três irmãos postiços.

Na casa chique, ela vai ter que ficar bem ao lado do quarto de Tyler Bruce, o mais velho dos irmãos. Ele tem olhos verdes que transbordam raiva e sarcasmo, um ego maior que uma mansão de Beverly Hills e cara de poucos amigos. Eden nunca tinha conhecido alguém tão desagradável e tão… intrigante.

Aos poucos, Eden tenta entender o que faz de Tyler uma pessoa tão envolvente quanto o clima da Califórnia. Em meio às festas e às novas amizades, ela percebe que está se apaixonando pela única pessoa que não deveria.

Já disse que te amo? é o primeiro livro da trilogia de Estelle Maskame, que teve mais de 4 milhões de acessos no Wattpad.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro, JÁ DISSE QUE TE AMO? Que eu recebi em parceria com a Editora Arqueiro.

Eden, acaba de chegar no aeroporto para passar as férias em Los Angeles com seu pai que desde que saiu de casa, jamais havia entrado em contato.

Porém, agora querendo uma reaproximação de sua filha, ele acaba pedindo para que ela venha passar as férias com ele, sua esposa e seus enteados.

O que Eden não esperava, é que o filho mais velho de sua madrasta, Tyller, fosse ser tão enigmático, charmoso, egocêntrico e mal educado.

Porém, a medida que vai conhecendo ele, Eden percebe que talvez todo esse temperamento seja apenas uma fachada, para disfarçar todo o sofrimento que teve quando era criança.

Ela não quer se envolver nos problemas de seu irmão postiço, mas a medida que o vai conhecendo, ela quer ajudá-lo a se recuperar destes dramas.

Só que se apaixonar pelo meio-irmão não está nos planos e agora, Eden precisa decidir o que fazer.

⠀⠀⠀⠀

🌷Quando eu vi esta capa e a sinopse eu fiquei bem interessada pela leitura, pois é um livro com um teor mais adolescente e que sempre acaba me chamando a atenção.

E quando uma amiga minha leu e me implorou para ler ele também, eu acabei não resistindo e comecei a leitura.

E claro, me viciei de uma forma tão grande, que naquele dia eu fui dormir de madrugada lendo.

Não é uma história fofa, muito pelo contrário, todos os personagens tem algum trauma ou passam por situações difíceis que muitos adolescentes acabam passando.

Ao ler, eu me remeti muito a minha adolescência, já que os personagens acabam indo em festas e passam por alguns problemas cotidianos, em busca do amadurecimento.

Eu gostei da história, sei que muita gente não concorda com as atitudes de alguns personagens, mas eu achei eles tão críveis, que acabei me apegando a eles.

Este livro é o primeiro de uma trilogia e claro que ele acaba de uma forma tão chocante que, ao terminar surtei muito com uma amiga, porque ambas queremos muito a continuação.

Termino aqui, dizendo que gostei e que espero que conheçam os personagens e deem uma chance a eles.