Resenha 🌷

#resenhameuromeo

279 páginas || @carrie.elks || @veruseditora


Sinopse: Pode estar nevando lá fora, mas, em uma cabana de madeira no meio da floresta, as coisas estão definitivamente quentes… A estudante de cinema Kitty Shakespeare está determinada a aproveitar ao máximo seu novo emprego como babá. Pode não ser exatamente a carreira que ela esperava quando mudou de Londres para Los Angeles, mas, graças ao hábito de travar em entrevistas, esta pode ser sua última chance de impressionar um dos maiores produtores de Hollywood ― se ela conseguir cuidar do filho dele direito, certamente o homem vai olhar para ela com mais atenção. Pelo lado positivo, há muita neve na casa da família nas montanhas e ela sempre adorou crianças. Mas Kitty não contava se envolver com a família problemática do chefe, nem se sentir atraída por Adam, o irmão sexy e recluso. Adam Klein pode ser lindo, mas também é bruto e grosseiro e não está pronto para cair de quatro pela babá ― não depois do ano que ele teve. Tudo o que ele quer é se enfiar em sua cabana na floresta e se esconder do irmão que destruiu sua vida. Se ao menos ele conseguisse ignorar a maneira como Kitty faz seu coração disparar… Isso está longe de ser amor à primeira vista ― mas desde quando o caminho para um final feliz digno de cinema acontece sem tropeços? Um amor de inverno é mais um romance de aquecer o coração da série As Irmãs Shakespeare. Quatro irmãs, quatro histórias… quatro maneiras de encontrar o amor verdadeiro.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UM AMOR DE INVERNO, que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Kitty Shakespeare precisa desesperadamente de um estágio e quando durante uma entrevista surge uma oportunidade de ser babá de um dos produtores de cinema mais famosos de Los Angeles, ela não perde oportunidade.

Porém, a família para a qual vai trabalhar deseja ir para o meio das montanhas passar o Natal.

Tudo o que Kitty quer é impressionar seu chefe, porque assim quem sabe, ele arruma uma vaga quando seus trabalhos de babá não forem mais necessários.

O que ela não esperava era conhecer o irmão de seu chefe e que por mais ignorante e convencido que seja, desperta em seu coração uma vontade de ficar perto.

Adam Klein, não quer ficar atraído por ninguém, mas como resistir aquela loira linda, meiga e que faz seu coração bater mais forte?

⠀⠀⠀⠀

🌷 Pensa em um romance super fofo, pois este livro é assim.

Logo no começo eu já fiquei tão presa na história, que eu simplesmente não conseguia parar de ler.

Eu sou suspeita para romances que começam com o casal implicando um com um outro, e quando este começou assim, eu só conseguia amar mais e mais a cada página lida.

O tipo de livro que aquece o seu coração e que por mais clichê que seja, ele é tão bem escrito e de uma forma tão envolvente que você vai lendo e se apaixonando a cada página virada.

Eu adorei a Kitty. Adorei demais. Ela é o tipo de mocinha que eu adoro, porque é aquele tipo forte, mas ao mesmo tempo doce. Aquela que é delicada e tem tanto amor no coração, que qualquer um que convivesse com ela iria se apaixonar.

E temos o Adam, que a princípio você quer bater nele, mas vai se apaixonando tanto por ele também, que só pensa em querer pegar ele no colo.

E ele se transforma tanto, mas tanto, que você quando vê já está completamente apaixonada por ele também.

Um romance gostoso, envolvente e que vai fazer o seu coração ficar tão contente, mas tanto contente, que você termina suspirando e encantado.

Resenhas: Vem Comigo / Karma Brown

Resenhas: Vem Comigo / Karma Brown

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

303 páginas || @karmakbrown || @veruseditora


Sinopse: Cheio de amor e esperança, Vem comigo é uma comovente celebração da força do espírito humano. Tegan Lawson tem tudo o que poderia querer da vida, incluindo Gabe, seu marido amoroso, e um bebê a caminho. Mas um acidente deixa a vida de Tegan tão devastada como o carro do qual ela foi resgatada.Entre a perda do bebê e a raiva incontrolável por Gabe, que estava dirigindo naquela noite, Tegan está afundando em tristeza. E, quando ela pensa que chegou ao fundo do poço, Gabe a lembra do “pote dos desejos”, uma coleção das viagens e experiências dos sonhos do casal. E assim se inicia a aventura. Dos tumultuados mercados da Tailândia até os sabores da Itália e as ondas do Havaí, Tegan e Gabe embarcam em uma jornada para escapar da tragédia e encontrar o perdão. Mas, quando as coisas tomam um rumo chocante no Havaí, Tegan é forçada a encarar a verdade — e a decidir se a vida ainda vale a pena, mesmo que não seja exatamente como ela sonhou.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VEM COMIGO, que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Tegan Lawson tem uma vida maravilhosa. Está grávida do primeiro filho e é casada com o homem dos seus sonhos, Gabe.

Tudo ia bem, até que durante uma viagem um acidente ocorre e ela acaba perdendo o bebê que estava esperando.

Devastada com a perda, já que não consegue superar ter perdido o bebê que tanto sonhou, ela acaba descontando toda a sua frustração no condutor do carro, ou seja, seu marido.

É então que Gabe lembra que eles tinham feito um “pote dos desejos” onde incluíram locais que queriam conhecer e sonhos que queriam realizar ao longo da vida.

Partindo então em busca de uma recuperação psicológica, eles partem primeiro para a Tailândia, depois viajam para a Itália e logo depois para o Havaí, onde existem lembranças de um momento feliz.

Serão capazes de se perdoar? Existe uma forma de recomeçar a vida mesmo com uma perda tão grande?

⠀⠀⠀⠀

🌷Este livro me trouxe um mix de sensações. Vou citar aqui alguns sentimentos que eu tive durante a leitura.

Primeiro eu fiquei triste, triste pela perda que eu imagino o quanto deve ser dolorosa.

Depois eu senti raiva, muita raiva. Raiva porquê você sabe quando uma pessoa está sofrendo e você não consegue entender como o sofrimento de um, pode ser maior que o outro, sendo que ambos têm perdas.

Depois eu sofri, sofri muito.

Porque este livro me surpreendeu de tantas formas e terminei ele chorando. Chorando muito.

Enquanto eu ia lendo, e pela sinopse falar que algo acontecia na viagem ao Havaí, eu fiquei naquela expectativa enorme até chegar nesta parte. E quando ela chegou, meus amigos, como doeu.

Doeu tanto. Mas tanto!

Nós nunca sabemos a dor do outro. Nunca sabemos a melhor forma de superar uma perda. Por mais que sentimos varias coisas, cada um sente de uma forma. E esta forma é tão única e dolorida, que você sente na alma enquanto você lê este livro.

É um livro especial, e eu sei que vou me lembrar da história dele durante muito tempo ainda. Porque é algo que marca. É algo que cria raízes no coração para todo o sempre.