Resenha: História de um grande amor / Júlia Quinn

Resenha: História de um grande amor / Júlia Quinn

Resenha 🌷

288 páginas || @juliaquinnauthor || @editoraarqueiro

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro HISTÓRIA DE UM GRANDE AMOR, primeiro livro da trilogia Bevelstoke e que eu recebi em parceria com a editora arqueiro.
Resenha escrita pela colaboradora Kelly.

Mesmo aos 10 anos de idade, Miranda Cheever sabia que não seria nenhuma beldade.
Seu corpo era desproporcional, não possuía os cabelos e olhos que a maioria das meninas de sua idade, e por isso acreditava que jamais encontraria um marido apropriado.

Só que durante o aniversário de 10 anos de sua amiga Olívia, ela acaba conversando com o irmão dela, Nigel Belvestoke e seu coração bate descompassado a primeira vez.

Mesmo passando 9 anos do ocorrido, Miranda ainda nutre um amor em segredo pelo irmão de sua melhor amiga, só que agora ela é uma linda jovem de 19 anos, enquanto ele é um homem amargurado e que sofreu muito nos anos que se passaram.
⠀⠀⠀⠀
🌷Todo mundo sabe que eu sou apaixonada por romance, né? Pois é, eu me derreto toda.

Começo dizendo que a Miranda é uma personagem cativante. Possuindo uma inteligente sem igual, uma língua afiada e um humor refinado, ela se destaca não somente por sua beleza, mas também por seu jeito de ser, já que se tornou uma verdadeira dama.

Do outro lado temos Turner, um personagem que na primeira aparição me deixou apaixonada, mas que infelizmente no decorrer do livro me decepcionou um pouco.

Ele passou por um trauma, e até entendo que o trauma que passou pode justificar suas atitudes, mas achei suas atitudes muito extremas, ainda mais por algo que muitos já passaram e superaram.

Pra mim ele mudou demais, e não achei a justificativa tão boa, mesmo para uma história datada do século XIX.

O livro se desenrola com a Miranda sempre indo atrás do amor do Turner, enquanto eu sentia que ele não dava nenhum valor ao coração e a paixão que ele sabia que ela nutria por ele.

Mas entenda, é somente a minha opinião, pode ser que você não ache tão complicada a forma como ele tratava a Miranda e todos ao seu redor.

Resenha: O amor não é óbvio

Resenha: O amor não é óbvio

Resenha 🌷

392 páginas || @elaynebaeta ||@galerarecord

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O AMOR NÃO É ÓBVIO que eu recebi em parceria com a Editora Galera Record, e que foi lido pela colaboradora Fernanda.

Íris Pêssego, tem 17 anos e nutre há muitos anos um amor secreto pelo popular, Cadu Sena.

Apesar de tímida, ela acredita que agora que Cadu foi abandonado por sua namorada por uma nova menina, a misteriosa Édra Norr, esta é sua chance de conquista-lo.

O problema é que a medida que vai conhecendo mais essa misteriosa menina, Íris começa a descobrir um novo sentimento que jamais pensou ter.
⠀⠀⠀⠀
🌷Primeiramente adorei esse livro.
Pra mim que estou acostumada a ler livros com a temática LGBT, adorei a forma como a autora construiu os personagens.

É um livro Teen, que mostra a descoberta sobre um novo mundo, que até então pra Íris era totalmente desconhecido.

A medida que ela vai querendo saber mais sobre a misteriosa Édra, e ambas acabam tendo essa aproximação, você vai vendo como o amor é bonito e que ele acontece com quem você menos espera.

A descoberta sobre a sexualidade, sobre o amor, e este novo sentimento, é algo tão real que é impossível você não se familiarizar.

A autora criou as personagens de uma forma bem concisa, que foi fácil de visualiza-las como se você estivesse vivendo naquela mesma escola e sendo amiga de ambas.

Adorei o livro e recomendo para quem gosta de livros com a temática e até mesmo para os que ainda nunca leram nada do gênero.

LANÇAMENTO: A DAMA DA NÉVOA

LANÇAMENTO: A DAMA DA NÉVOA

BEST-SELLER DO THE NEW YORK TIMES.Segundo volume de uma trilogia épica.

“Para os fãs de A Rainha Vermelha e de Game of Thrones.” – Bustle

Quando Theodosia tinha apenas seis anos, sua mãe, a Rainha do Fogo, foi morta pelo kaiser. Ele tomou seu país e a manteve prisioneira, coroando-a como a Princesa das Cinzas e manipulando-a por dez anos.

Porém, essa época terminou. O kaiser subestimou Theo, considerando-a fraca e indefesa. Ele não percebeu que uma mente arguta é a arma mais mortal.

Agora, Theo não usa mais uma coroa de cinzas. Ela recuperou o título que lhe pertencia e fez um refém: o prinz Søren, filho do kaiser. Mas seu povo continua escravizado e ela está a milhares de quilômetros de distância.

Para recuperar o trono, ela precisa de um exército. Segundo sua tia, a temível pirata Dragonsbane, a única maneira de obter um é se casando.

Theo sabe que a liberdade tem um preço, mas ela está determinada a encontrar um jeito de salvar seu país sem precisar se perder no caminho.

RESENHA: UMA ESCADA PARA O CÉU / JOHN BOYNE

RESENHA: UMA ESCADA PARA O CÉU / JOHN BOYNE

Resenha 🌷
#resenhameuromeo

336 páginas || @john_boyne ||@taglivros


Maurice Swift é um homem bonito, charmoso e sedento por sucesso. A única coisa que lhe falta é talento, mas ele não deixará que esse mero detalhe atrapalhe seu caminho. Afinal, um aspirante a escritor pode encontrar inspiração em qualquer lugar – mesmo que tenha que se apropriar das histórias dos outros. Trabalhando como garçom num hotel de Berlim Ocidental em 1988, Maurice se vê diante da oportunidade ideal: um encontro fortuito com o famoso autor Erick Ackermann. Ele logo cai nas graças do consagrado (mas desesperadamente solitário) romancista e descobre um terrível segredo sobre suas atividades durante a guerra – o material perfeito para um primeiro romance. Depois de alcançar a fama literária, Maurice sabe que nada o fará desistir de manter essa sensação de poder. Passando pela Costa Amalfitana, por Manhattan e por Londres, o pseudoescritor seguirá cultivando sua capacidade de iludir e manipular, usurpando pessoas talentosas e vulneráveis na sua cínica escalada para o topo. Porém, quanto mais alto o voo, maior é a queda… No romance mais recente do autor do best-seller “O Menino do Pijama Listrado”, acompanhamos um homem brilhante, obstinado e sem escrúpulos num psicodrama vertiginoso ao melhor estilo de Patricia Highsmith, a criadora do inesquecível “O Talentoso Ripley”.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA ESCADA PARA O CÉU que eu recebi em parceria na caixinha literária da Tag Livros.

Maurice Swift é obcecado pelo sucesso. Sendo um aspirante a escritor, ele sabe que tem talento para a escrita, só que infelizmente lhe falta criatividade.

E então quando está trabalhando de garçom em um hotel, seu caminho acaba cruzando com o do escritor Erick Ackermann.

E então com essa aproximação totalmente fortuita, ele acaba descobrindo alguns segredos que são inspiração que faltava para que a sua obra.

Alcançando o estrelato que sempre sonhou, ele acha que agora conseguirá viver sempre assim.

Só que a sede por poder não diminui agora que alcançou o estrelado e por isso esse pseudoescritor será capaz de fazer qualquer coisa para continuar no auge.
⠀⠀⠀⠀
🌷Este livro é fascinante de inúmeras formas.
Ele conta toda a história do Maurice e sua sede por poder e o autor conseguiu transmitir de forma tão intensa os sentimentos do personagem que foi impossível não se sentir preso a obra.

Como eu odiei um personagem. Eu odiei tanto o Maurice, mas ao mesmo tempo eu me vi tão envolvida na história, que por pior os sentimentos que ele me despertava, eu não conseguia parar de ler.

A cada página lida, eu ficava pensando em qual seria agora a próxima decisão que ele tomaria, e ficava obcecada torcendo por sua queda.

Pode parecer uma ficção, mas senti pela escrita sentimentos tão reais, que eu fico pensando que de fato existem vários Maurices por aí.

E o que o autor demonstrou na obra, é que dificilmente as pessoas mudam a sua essência, que podem ocorrer mil coisas no decorrer da vida, mas o que elas são de verdade, pode permanecer quieto em um canto, mas no final sempre vem a tona.

Livro incrível e com certeza já entra como um dos favoritos do ano.