Resenha: Birthday Girl / Penelope Douglas

Resenha: Birthday Girl / Penelope Douglas

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

407 páginas || @penelope.douglas || @thegiftboxbr


JORDAN
Ele me acolheu quando eu não tinha outro lugar para ficar.
Ele não me usa, me magoa ou se esquece de mim. Ele não me trata como nada, não me despreza, ou me faz sentir insegura.
Ele se lembra de mim, ri comigo e olha para mim. Ele me escuta, me protege e me enxerga. Sinto seus olhos em mim sobre a mesa do café da manhã, e meu coração dispara quando o ouço entrar na garagem depois do trabalho.
Preciso parar isso. Não pode acontecer.
Minha irmã me disse uma vez que, não existem homens bons, e se você encontrar um, ele provavelmente será comprometido.
Só que o comprometido aqui não é Pike Lawson.
Sou eu.

PIKE
Eu a acolhi porque pensei que estava ajudando.
Ela prepararia algumas refeições e daria uma limpada na casa. Era um acordo simples.
Com o passar dos dias, porém, está se tornando tudo, menos simples. Tenho que parar de pensar nela e de prender a respiração toda vez que nos esbarramos pela casa. Não posso tocá-la, e eu não deveria querer.
Quanto mais me vejo cruzando o seu caminho, mais ela se torna parte de mim.
Mas não estamos livres para ceder a essa atração. Ela tem dezenove anos e eu trinta e oito.
E sou pai do namorado dela.
Infelizmente, os dois acabaram de se mudar para a minha casa.

* BIRTHDAY GIRL é um romance contemporâneo, adequado para maiores de 18 anos.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro BIRTHDAY GIRL – o presente perfeito, que eu já tinha lido em inglês, mas que recentemente foi publicado pela The Gift box.

Jordan é uma adolescente de 19 anos, linda e que adora ver filmes de terror, mas ela e seu namorado acabam de ser expulsos do apartamento no qual moravam.

Sem ter onde ficar, eles acabam indo morar com o pai de seu namorado.

O que Jordan não esperava, era que o pai dele fosse ser bem mais atraente do que ela jamais sonhou.

Só que ele é proibido pra ela.

Era pra ser um arranjo simples: ela iria cozinhar e ajudar nos afazeres domésticos em troca de morar lá, só que quando os olhares começam a ficar intensos e a sintonia de ambos começa a ficar mais forte, o que eles podem fazer?

⠀⠀⠀⠀

🌷QUE LIVRO. QUE LIVRO!

Eu confesso que quando eu li a sinopse, eu fiquei intrigada e cheguei a ter um pouco de preconceito com a temática, mas como eu poderia não me surpreender mais?

Desconsiderem a sinopse, desconsiderem o improvável, desconsideram preconceitos e se joguem nessa história.

E que história.

Foi meu primeiro contato com a escrita da Penélope Douglas, e já quero ler tudo o que ela escrever.

Esse é um livro onde a autora pegou um tema complicado e escreveu de uma forma tão doce, tão delicada, que é impossível você não terminar o livro torcendo demais pelo casal. Esqueça tudo o que pode pensar de ruim dele, esqueça a diferença de idade e todos os fatos que fariam eles serem um casal impossível, e foque totalmente no romance.

Eu precisava escrever essa resenha pra vocês, porque simplesmente não posso guardar o que eu senti ao ler este livro.

O Pike é surreal, sem palavras pra falar de um homem como ele, e ver como a Jordan complementava ele foi surreal.

E sempre acho que destino, quando tem que ser, tem que ser, e não importa o que aconteça, ele está destinado a acontecer.

Eu poderia ficar horas aqui enumerando motivos pra você ler, mas quero que você pegue ele e de uma chance e me conte depois que você se apaixonou pela história como eu fiz.

Lançamento: As Garotas De Beantown

Lançamento: As Garotas De Beantown

 

Sinopse:

A GUERRA TIROU A VIDA QUE ELAS TINHAM PLANEJADO, MAS DEU A VIDA QUE ESTAVAM DESTINADAS A TER. 1944: Fiona Denning tem todo o seu futuro planejado. Ela vai trabalhar na prefeitura, casar com o noivo quando ele voltar da guerra e se instalar nos subúrbios de Boston. Mas quando o seu noivo desaparece depois de ter sido abatido na Alemanha, os planos de Fiona são destruídos. Determinada a descobrir o destino dele, Fiona deixa Boston para ser voluntária no exterior como uma garota do Clubmobile da Cruz Vermelha, levando consigo suas duas melhores amigas: a sincera Viviana, que está mais do que feliz por deixar seu emprego de secretária por um pouco de aventura; e Dottie, uma tímida professora de música cujos talentos musicais certamente levarão coragem e esperança aos rapazes da linha de frente. Escolhido pela sua força interior e charme exterior, o trio não está preparado para os desafios assustadores da guerra. Mas ao longo de todo o caminho, surgem novas amizades, romances, perigos imprevistos e sonhos inesperados. Assim como as três amigas começam a compreender as verdadeiras razões pelas quais todas elas vieram para o front, a coragem e companheirismo vai levá-las através de alguns dos melhores e piores momentos de suas vidas.

Resenha: Turma d Monica Jovem em Um Convite Inesperado

Resenha: Turma d Monica Jovem em Um Convite Inesperado

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

252 páginas || @babidewet @apamgoncalves Carol Christo Melina Souza || @editoranemo


Sinopse: As personagens da Turma da Mônica Jovem estão de volta em quatro histórias inéditas. Cada uma das garotas – Mônica, Magali, Denise e Marina – recebe um convite especial que se transforma em uma aventura inesperada. Mônica visita a maior feira de games e cultura pop do país e acaba entrando em uma competição de seu jogo favorito. Magali vai a uma cartomante e descobre algo que poderá mudar sua vida. Marina faz de tudo para ir ao show mais esperado do ano e se mete em várias confusões. Já Denise é convidada para uma rede social exclusiva e acaba se tornando aquilo que sempre quis ser: uma digital influencer. Prepare-se para acompanhar algumas das personagens mais queridas do país nestes contos sobre o poder da amizade, a efemeridade da fama e a coragem de sermos nós mesmos.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro TURMA DA MÔNICA: UM CONVITE INESPERADO, que eu recebi em parceria com a Editora Nemo.

Quatro convites completamente inesperados acabam chegando para as nossas quatro garotas da turma da Mônica jovem.

Mônica acaba sendo convidada para participar de um dos maiores festivais de Games, e descobre que está famosa por dançar um de seus jogos de dança favoritos.

Magali acaba indo para a casa de sua nova vizinha e depois disso acaba ganhando a oportunidade de se consultar com uma verdadeira cartomante, que fará com que ela pense de uma forma totalmente diferente.

Marina acaba fazendo o possível e impossível para ir ao show de sua banda favorita e jamais esperava que teria a verdadeira oportunidade de viver uma nova aventura.

E Denise, depois de um convite por engano acaba sendo chamada para participar de uma nova rede social, que é exclusiva para as celebridades mais famosas da atualidade.

⠀⠀⠀⠀

🌷Este livro é dividido em quatro contos, sendo que cada um deles é escrito por uma das autoras.

Eu adorei todos eles e mesmo não sendo escrito através de quadrinhos como a maioria está habituado, eu conseguia imaginar cada uma das aventuras vividas por nossas amadas mocinhas.

Cada uma, escrita de uma forma e com aventuras muito divertidas, é impossível você não se conectar com elas e não acabar o livro em pouco tempo, já que todas as narrativas são fluídas e envolventes.

O que eu mais gostei desse livro é que ele me deixou nostálgica e me deu uma saudade enorme da minha infância, já que cresci lendo os gibis com esses personagens crianças e agora ver elas adultas, é como se elas tivessem envelhecido junto comigo.

Adorei demais as histórias e super recomendo para os amantes da turma da Mônica.

Resenha: Lendário / Stephanie Garber

Resenha: Lendário / Stephanie Garber

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

400 páginas || @stephanie_garber || @novo_conceito


Sinopse: O Caraval deste ano foi concluído. Tella está viva – e segura, para o alívio de sua irmã mais velha. Mas Tella tem segredos que ela mantém de Scarlett. Segredos como o que Tella prometeu em troca dos convites das irmãs para o Caraval em primeiro lugar. Segredos sobre a pessoa a quem estas promessas foram feitas. E segredos sobre Julian, o jogador de Caraval que ganhou o coração de Scarlett. Com medo de revelar a verdade para a pessoa que mais a ama, Tella foge para Valenda, a capital do Império, para encontrar o misterioso correspondente a quem Tella deve. Mas nas noites que antecedem o Dia de Elantine, um cruzamento entre um baile de máscaras, um jubileu e Caraval, ninguém é confiável.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro LENDÁRIO, que é o segundo livro da série Caraval e que foi lido e resenhado pela colaboradora, Helena.

Obs: se você não leu o primeiro livro, pode conter spoilers.

O Caraval deste ano finalmente acabou.

Com Tella viva e completamente segura, tudo parece caminhar bem.

Só que Tella tem alguns segredos que está escondendo de sua irmã.

Segredos sobre várias coisas, inclusive sobre Julian, por quem sua irmã, Scarlett é apaixonada.

Cansada de esconder tantos segredos, Tella acaba indo para a próxima cidade do Caraval, mas o dia que antecede o Dia de Elantine, várias coisas acabam acontecendo e mudando novamente o curso da história.

Decidida a participar do Caraval, será que Tella vai conseguir descobrir quem é o Lenda? ⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀

🌷QUE LIVRO INCRÍVEL. Bom, se eu já havia amado o primeiro livro, com certeza esse segundo livro arrebatou completamente o meu coração.

A autora já tinha criado uma trama maravilhosa no primeiro, mas neste aqui, a cada página que eu virava e ia lendo, mais eu ficava envolvida e criando mil teorias sobre o que iria acontecer na página e no capítulo seguinte.

Por ser uma fantasia, a autora conseguiu manter e até superar a mesma adrenalina do primeiro livro, e me deixou sem sono por tanto tempo, porque eu não conseguia parar de ler. Muitas vezes prometia pra mim mesma que iria parar no próximo capítulo, mas não conseguia tamanha a forma como a autora prende você na história.

A Tella conseguiu se sobressair neste livro de uma forma que no primeiro, eu jamais imaginei que ela conseguisse.

Sério, fico pensando no que escrever para que resuma bem o que eu senti ao ler, mas chega até a ser difícil expressar em palavras.

Eu só posso insistir que você leia esta série, e quando você for ler, vai perceber o porquê de eu falar tanto do quanto a autora foi maravilhosa em toda a sua criação.

⠀⠀⠀⠀

“Apenas não se esqueça que isso tudo é apenas um jogo.”

Resenha: O príncipe dos vampiros / Aline Sant´Ana e Clara de Assis

Resenha: O príncipe dos vampiros / Aline Sant´Ana e Clara de Assis

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

304 páginas || @linesntn @clarinhadeassis || @editoracharme


Sinopse: “Eu perguntei se você tem um vampiro para beijá-la. E para senti-la. Para saciá-la. Para satisfazê-la. Você está comprometida, Mia?” Quinhentos anos após a minha partida, eu retornei para o lugar onde nasci, a Ilha de Alkmene, com um único objetivo. Àquela altura, não era mais a garotinha que a família real conhecia, e sim a melhor guerreira de seu clã. Foi uma honra poder encontrá-los como Major da Divisão Magna. No extravagante castelo, fui recepcionada por pessoas que me amaram. Tudo estava indo de acordo com o planejado, até perceber que algo parecia… diferente. Depois de incontáveis séculos sem vê-lo, quando meus olhos pairaram sobre Orion Bloodmoor, o Príncipe dos Vampiros, reconheci que nem todos os anos que passamos separados seriam o bastante. Com suas exóticas íris vermelhas, corpo atlético, cabelos cor de ônix e uma personalidade nada tradicional, eu tinha inúmeros motivos para não observá-lo, para não reparar em sua beleza, para não me deixar levar… Ainda mais por ele não ser o único desafio que eu teria que enfrentar. Havia segredos sob aquele teto, falhas em meu clã, e a última coisa que eu precisava era me deixar levar pelos encantos de um príncipe. Assuntos do coração não deveriam vir antes do meu dever. E guerreiras usam espadas ao invés de coroas.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro O PRÍNCIPE DOS VAMPIROS, que eu recebi em parceria com a Editora Charme.

Quando era uma criança, durante uma brincadeira no corredor do castelo onde os pais trabalhavam, Mia conheceu o famoso filho do rei de Alkmene. Apesar do encontro rápido, aquele menino de íris vermelha, despertou sentimentos que Mia jamais esqueceu.

Passados 500 anos deste encontro, hoje ela deixou de ser uma menina para ser a Major mais poderosa da Divisão Magna.

Por ser a melhor, ela é incumbida de retornar ao castelo e ensinar o próximo rei.

Só que Orion não é mais um menino. Ele está alto, com um corpo atlético, os mesmos olhos vermelhos e uma personalidade forte.

Agora ambos adultos, como negar o poder que os atrai?

⠀⠀⠀⠀

🌷Quem me conhece sabe o quanto depois que eu conheci a escrita da Aline Sant’Ana, eu me apaixonei.

Aí juntou ela com a Clara de Assis que é uma autora maravilhosa também, é claro que elas iriam escrever uma fantasia distópica bem gostosa.

Eu fico impressionada em como elas pesquisaram para escrever esse livro, porque tem tantas referências de mitologia, lendas sobre vampiros, sobre a forma de vida e etc, que isso me deixou bem mais encantada com a história.

Não é só um romance, é bem mais do que isso.

Tem romance, tem guerra, tem planejamento, tem traição, tem lutas e tem muito amor.

A Mia é força, poder e determinação. Ela mostra que uma mulher pode sim chegar aonde quiser.

E o Orion, ahh, que homem minha gente. Teve uma cena ali que fiquei verdadeiramente com bastante inveja da Mia e quis muito ser ela, porque foi bem quente.

E eu li o livro tão rapidinho, porque é bem difícil ler devagar quando a escrita é fluida e como acaba gostando da história.

Eu só posso dizer que conclui mais um livro que adorei e que fiquei curiosa com mais histórias deste universo novo.

Resenha: Desencontros à beira-mar / Jill Marsell

Resenha: Desencontros à beira-mar / Jill Marsell

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

336 páginas || @jillmansell || @editoraarqueiro


Sinopse: Clemency se apaixona por um belo desconhecido que senta ao seu lado durante um voo e logo começa a fazer planos para um futuro a dois, mas acaba se decepcionando ao descobrir que ele é casado.

Sam, o homem encantador do avião, aparece três anos depois na cidade litorânea onde Clemency mora, só que não veio à sua procura: desta vez ele está envolvido com a irmã postiça dela.

Belle parece ter um namoro perfeito com Sam, mas na verdade algo não vai bem na relação deles.

Ronan, melhor amigo de Clemency, aceita embarcar em um plano maluco e fingir um relacionamento amoroso com ela só para provocar ciúmes. Pela primeira vez, o jovem sedutor não sabe o que fazer para conquistar a mulher que realmente ama.

E assim os desentendimentos e a confusão começam.

Enquanto o sol esquenta a areia e o mar turquesa cintila, uma verdade fica clara: segredos enterrados sempre acabam vindo à tona.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro DESENCONTROS À BEIRA-MAR que eu recebi em parceria com a Editora Arqueiro.

Clemendy sabe que a regra número 1 de um bom viajante é não se atrasar para chegar ao aeroporto, e ela faz isso sempre, só que na última vez que ela pegou um voo, ela acabou se enrolando e chegando atrasada no embarque.

O que ela não esperava, é que ao lado dela sentaria um charmoso homem que faria o seu coração bater mais forte, só que no final da viagem ela descobre que apesar dos flertes durante o voo ele é casado.

Três anos depois desse fatídico incidente, ela jamais imaginou que iria reencontrar o misterioso Sam, e que ele voltaria nada mais nada menos do que o novo namorado de sua irmã, Belle.

Desesperada para conseguir superar essa paixonite que permaneceu mesmo após tantos anos, ela acaba entrando em várias confusões e mal entendidos.

⠀⠀⠀⠀

🌷Esse foi meu segundo contato com a autora, Jill Marsell e ela definitivamente é a autora que eu mais gosto na nova coleção dos romances de hoje.

Pra mim, ela tem a escrita mais fluída, e como a trama já começa de uma forma mais rápida, ela acaba criando a curiosidade em você, em como os eventos vão se desenrolar.

Não deixa em nenhum momento de ser clichê, mas acho um clichê gostoso de ser lido e que é daquele tipo que você senta no sofá e lê de uma vez só.

A Clemendy é uma fofa e uma personagem que faz você querer ser amiga dela. É aquele tipo de pessoa que não tem maldade e que todos querem ter do lado.

O Sam é fofo e torci tanto para que tudo se solucionasse apesar de todos os desencontros que ocorreram na história.

Apesar de achar o final um pouco corrido, assim como achei no primeiro, isso não mudou a minha percepção da história, já que até o epílogo foi fofo e conduziu bem o fim.

Tenho vontade de conhecer algum outro livro dela, porque foi uma leitura bem gostosa e bem mais rápida do que eu esperava.

Terminei achando muito amorzinho e recomendando ele pra quem gosta de um clichê leve, fluido e apaixonante.

Lançamento: Flor de Jade

Lançamento: Flor de Jade

FLOR_DE_JADE_15741984151019560SK1574198415B (1)

Há duas formas de encarar um pé na bunda: você pode chorar por horas e horas, sofrendo pelo fim de um relacionamento; ou pode olhar para frente, determinada a recuperar o tempo perdido. Jade fez as duas coisas. Depois de ser abandonada no altar pelo namorado de longa data, chorou bastante, mas logo sacudiu a poeira e foi aproveitar a vida.
Entre o calor da Bahia e muito chocolate, ela tem uma nova meta: beijaria uma boca diferente para cada ano que passou ao lado do traste do seu ex. Ela só não estava pronta para tudo o que encontraria, ao soar de um relógio misterioso.