Resenha: Circe / Madeline Miller

Resenha: Circe / Madeline Miller

Resenha🌷

#resenhameuromeo

366 páginas || @madeline.e.miller || @planetaminotauro


Sinopse: #1 do The New York Times, ganhador do Goodreads Awards de a melhor fantasia de 2018 Uma releitura corajosa e atual da trajetória de Circe, a poderosa – e incompreendida – feiticeira da Odisseia de Homero. Na casa do grande Hélio, divindade do Sol e o mais poderoso da raça dos titãs, nasce uma menina. Circe é uma garotinha estranha: não parece ter herdado uma fração sequer do enorme poder de seu pai, muito menos da beleza estonteante de sua mãe, a ninfa Perseis. Deslocada entre deuses e seus pares, os titãs, Circe procura companhia no mundo dos homens, onde enfim descobre possuir o poder da feitiçaria, sendo capaz de transformar seus rivais em monstros e de aterrorizar os próprios deuses. Sentindo-se ameaçado, Zeus decide bani-la a uma ilha deserta, onde Circe aprimora suas habilidades de bruxa, domando perigosas feras e cruzando caminho com as mais famosas figuras de toda a mitologia grega: o engenhoso Dédalo e Ícaro, seu filho imprudente, a sanguinária Medeia, o terrível Minotauro e, é claro, Odisseu. E os perigos são muitos para uma mulher condenada a viver sozinha em uma ilha isolada. Para proteger o que mais ama, Circe deverá usar toda a sua força e decidir, de uma vez por todas, se pertence ao reino dos deuses ou ao dos mortais que ela aprendeu a amar. Personagens vívidos e extremamente cativantes, aliados a uma linguagem fascinante e um suspense de tirar o fôlego, fazem de Circe um triunfo da ficção, um épico repleto de dramas familiares, intrigas palacianas, amor e perda. Acima de tudo, é uma celebração da força indomável de uma mulher em meio a um mundo comandado pelos homens.


Olá leitores, hoje trago a resenha de CIRCE que eu recebi no evento de parceiros da Planeta de Livros.

Circe é filha do Deus Hélios, e desde seu nascimento foi renegada por sua família.

Não possuindo os dons nem a beleza de seus familiares, ela sempre foi considerada inferior por todos.

Triste, já que ninguém quer ser seu amigo ou apoiá-la, ela acaba se aproximando dos humanos.

Por causa dessa aproximação, ela acaba se apaixonando pelo filho de um pescador e decide fazer com que ele seja apto a ficar do seu lado.

Só que o que ela não esperava, era que isto fosse trazer a tona poderes pelos quais sequer imaginava que teria.

Por causa destes poderes, ela é banida por Zeus para uma ilha deserta, onde acaba os aperfeiçoando e se transformando numa das maiores feiticeiras já conhecidas.

⠀⠀⠀⠀

🌷Este livro traz uma vasta aula sobre mitologia grega e pra quem se interessa pelo tema como eu, com certeza é um prato cheio.

Cheio de informações sobre outros deuses, além de nos apresentar a história de uma das mais famosas bruxas conhecidas da mitologia grega, você acaba encantado com a história.

A autora conseguiu nos trazer uma história cheia de detalhes e nuances sobre a personagem, e me fez ficar tão próxima dela, que no final era como se ela fosse uma conhecida minha, no qual eu nutria um forte sentimento de empatia e amizade.

É uma história diferente, e o leitor tem que ir ciente de suas diferenças, já que não é algo comum para quem não está acostumado com este tipo de fantasia.

Eu adorei, achei crível a história e de uma forma tão simples de ler, que eu lia e nem percebia o quanto já tinha lido em pouco tempo.

Achei uma história fascinante e adorei saber mais sobre essa feiticeira tão cheia de poder e magia.

Recebido: O farol e a tempestade

Recebido: O farol e a tempestade

Recebidos

O farol e a tempestade

páginas || Romulo Felippe || Editora Novo Conceito

Olá pessoal, hoje trago o livro que eu recebi em parceria com a Editora Novo Conceito.

Vou deixar abaixo a sinopse e depois trago a resenha pra vocês.


Sinopse: Um evento trágico levou o renomado escritor Samuel Jones a decidir pelo isolamento definitivo. E foi em uma ilha do Atlântico Norte que ele escolheu selar o seu destino, longe de tudo e todos, na companhia das dolorosas lembranças. Mas a solidão do exílio de Sam é quebrada quando, no meio de uma tempestade, uma bola de fogo risca os céus diante de seus olhos. A fotógrafa nova-iorquina Anne Crawford é a única sobrevivente do desastre aéreo. Resgatada pelo escritor, Anne transformará para sempre a até então isolada Ilha Farethon e seu farol secular. Duas almas marcadas por tragédias. Dois corações despedaçados pela vida. Para Sam e Anne, há muito mais em jogo do que fé e paixão, perdão e esperança. Marcados por um passado implacável e por um futuro incerto, tudo o que lhes resta é viver o presente em sua mais profunda intensidade. E na montanha-russa de suas vidas, juntos irão descobrir quão minúsculos são diante das forças do universo.


 

Recebido: A amante

Recebido: A amante

Recebidos

A amante

páginas || Danielle Steel || Editora Record

Olá pessoal, hoje trago o livro que eu recebi em parceria com a Editora Record.

Vou deixar abaixo a sinopse e depois trago a resenha pra vocês.


Sinopse: A grande dama do romance está de volta com uma trama de riqueza e poder, onde o amor e a liberdade podem ser os desejos mais perigosos. A beleza de Natasha Leonova foi sua salvação. Resgatada das ruas de Moscou pelo bilionário russo Vladimir Stanislas, há anos ela vive sob sua proteção em um mundo de luxo, glamour e negócios escusos, dos quais ela nada sabe. A casa deles é o mundo. A bordo de um incrível iate, eles vão para onde querem. Mas, para fazer parte da vida de Vladimir, ela tem de aceitar suas regras: nada de filhos ou casamento. Em troca de segurança e conforto, ela é dele e de mais ninguém. Theo Luca é filho de um dos maiores artistas do século XX. Ele herdou do pai não só o talento para a pintura como também um valioso patrimônio. Ele e a mãe frequentemente expõem as obras de Lorenzo Luca no restaurante que a viúva mantém em homenagem ao falecido marido em uma comuna na França. Theo é muito dedicado ao trabalho e luta para ser reconhecido como um grande pintor; porém, um belo dia, ele comete um erro grave: apaixona-se pela amante de um dos homens mais poderosos do mundo. Mas talentoso pintor é o retrato de um mundo novo, que abre os olhos de Natasha para uma realidade com a qual ela pensava que só poderia sonhar.


Lançamento: Amor pelas coisas imperfeitas

Lançamento: Amor pelas coisas imperfeitas

 

O novo livro do autor de As coisas que você só vê quando desacelera, que já vendeu mais de 70 mil exemplares no Brasil.

Neste livro, o monge zen-budista Haemin Sunim ensina a arte de cuidar de si mesmo e de se relacionar com os outros com a sabedoria e a delicadeza que o tornaram conhecido no mundo todo.

Tratando de temas como aceitação, cura, coragem, família, fracassos, empatia e perdão, ele apresenta suas reflexões sobre como enxergar o mundo e a si mesmo com maior compaixão.

Ele nos mostra que quando aceitamos a nós mesmos – e os defeitos que nos fazem ser quem somos –, podemos ter relacionamentos plenos e gratificantes e nos sentir em paz.

Com lindas ilustrações, este livro vai inspirar você a amar a si mesmo, a sua vida e a todos que fazem parte dela.

Resenha: A lista do ódio / Jennifer Brown

Resenha: A lista do ódio / Jennifer Brown

 

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

334 páginas || @jenbrownjenscott || @editoragutenberg


Sinopse: E se você desejasse a morte de uma pessoa e isso acontecesse? E se o assassino fosse alguém que você ama? O namorado de Valerie Leftman, Nick Levil, abriu fogo contra vários alunos na cantina da escola em que estudavam. Atingida ao tentar detê-lo, Valerie também acaba salvando a vida de uma colega que a maltratava, mas é responsabilizada pela tragédia por causa da lista que ajudou a criar. A lista das pessoas e das coisas que ela e Nick odiavam. A lista que ele usou para escolher seus alvos. Agora, depois de passar o verão reclusa, se recuperando do ferimento e do trauma, Val é forçada a enfrentar uma dura realidade ao voltar para a escola para terminar o Ensino Médio. Assombrada pela lembrança do namorado, que ainda ama, passando por problemas de relacionamento com a família, os ex-amigos e a garota a quem salvou, Val deve enfrentar seus fantasmas e encontrar seu papel nessa história em que todos são, ao mesmo tempo, responsáveis e vítimas. A lista do ódio, de Jennifer Brown, é um romance instigante; leitura obrigatória, profunda e comovente. “Esta edição contém o spin-off Diga alguma coisa”.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A LISTA DO ÓDIO, que recebi em parceria com a Editora Gutenberg.

Nick Levill entrou armado no refeitório do colégio onde estudava e matou vários estudantes.

Neste atentado, uma das pessoas baleadas foi sua namorada Valerie Leftman, que foi baleada ao ajudar uma outra aluna.

Porém, Valerie também é considerada culpada do atentado, já que as pessoas que seu namorado matou, são pessoas oriundas de uma lista no qual ela ajudou a criar.

Agora, de volta à escola e vendo muitos alunos a odiarem, já que acreditam que ela sabia do que aconteceria, ela tenta voltar sua vida ao normal.

Mas como voltar ao normal quando sua família tem medo de você? E como viver sem o homem pelo qual foi apaixonada e que todos acham que é um monstro? A vida não é fácil. Será que um trauma assim muda as pessoas?

⠀⠀⠀⠀

🌷Este livro me fez pensar em muitas coisas, em todo momento eu fiquei pensando em como o bullying faz mal para as pessoas.

Este livro me fez lembrar o caso de Columbine, do caso de Suzano, e de tantos outros e todos provavelmente pelo mesmo motivo, por pessoas que eram renegadas e que sofriam em silêncio.

Me fez pensar em como a tragédia muda as pessoas, em como alguns infelizmente ainda sofrem com isso.

Este livro é tão real. É tão forte. É incrível!

Ele te faz pensar. Ele te prende, e te puxa pra história com ele. Ele faz você repensar nas atitudes e ficar triste de pensar que muitos ainda sofrem com isso e infelizmente muitos ainda vão sofrer.

A Jennifer é incrível em nós mostrar a realidade de uma forma nua e crua. Não tenho palavras pra descrever todos os sentimentos que eu senti ao ler este livro.

Só posso pedir que leia ele, porque precisamos falar sobre isso. Precisamos prestar atenção nas pessoas que sofrem com o bullying. Precisamos olhar para as pessoas que tem depressão e que muitas vezes não percebem. Precisamos olhar para os sobreviventes, sejam eles quem forem.

Recebido: Compaixão

Recebido: Compaixão

 

Recebidos

Compaixão

páginas || Fernando Moraes || Editora Novo Conceito

Olá pessoal, hoje trago o livro que eu recebi em parceria com a Editora Novo Conceito.

Vou deixar abaixo a sinopse e depois trago a resenha pra vocês.


Sinopse: Nesta obra, Fernando Moraes nos faz pensar a compaixão dentro de um conceito totalizante, que navega pelo nosso cotidiano e não somente dentro dos contextos que a exigem. Com uma abordagem simples dentro de uma perspectiva social, ele trata com cuidado a compaixão, transitando pela cidadania, pela convivência social e pela vivência das pessoas, e, fundamentalmente, mostrando como ela nos absorve, sem muitas vezes termos consciência disso. Muito se fala nas rodas das ciências humanas sobre resiliência, alteridade, empatia, altruísmo, sentimento de compaixão, pertença, solidariedade e tantos outros conceitos, e em como buscamos reconhecer o outro, aquele diferente de nós, aquele que muitas vezes é o nosso inferno, mas que também nos faz inferno de alguém. Para Fernando Moraes a compaixão é a consciência permanente de que existe o outro. E solidariedade é o efeito natural de identificar o outro por essa consciência e dar vida a essa relação. Sendo assim, uma não existe sem a outra. Entretanto, mesmo tendo essa condição indissociável, costumeiramente tentamos estabelecer interlúdios. Segundo o autor, quando adotamos a compaixão como exercício cotidiano, estamos na verdade dizendo aos outros: “Eu vejo vocês”. Compaixão como convite à existência é o grande desafio aqui proposto.


Lançamento: Um casamento conveniente / Tessa Dare

Lançamento: Um casamento conveniente / Tessa Dare

Um casamento conveniente
Série Girl Meets Duke – Volume 1
O Duque de Ashbury sofre com marcas que a guerra e o julgamento da alta sociedade londrina deixaram não só em sua pele, mas também em sua autoestima. Contudo, seu título o obriga a ter um herdeiro, e para isso ele precisará encontrar uma mulher que aceite se casar por conveniência, desaparecendo após cumprir suas obrigações de esposa.
Quando Emma Gladstone, uma costureira, aparece na casa de Ashbury para exigir o pagamento de uma dívida, ele vê ali uma grande oportunidade de acordo.
Ele precisa de um herdeiro. Ela precisa de um bom casamento. Os dois estão dispostos a tudo, desde que não envolva seus corações. Mas será que o amor cabe nas entrelinhas de um contrato?