Resenha: Milionário Arrogante / Vi Keeland e Penélope Ward

Resenha: Milionário Arrogante / Vi Keeland e Penélope Ward

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

280 páginas || @penelopewardauthor e @vi_keeland || @editoracharme

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro MILIONÁRIO ARROGANTE, que eu recebi em parceria com a Editora Charme e que foi resenhado pela colaboradora, Kelly.

Bianca é jornalista e trabalha em uma revista na parte de economia e finanças.

Muito esforçada, ela acaba sendo escalada para realizar uma entrevista com um poderoso e milionário empresário, Dexter Truitt que é CEO da Montague Enterprise.

Só que ela odeia homens com o estilo de Dexter Truitt.

E quando ela acaba presa em um elevador no dia da entrevista, ela jamais imaginou que o homem enigmático e lindo com quem esta falando (falando é um eufemismo, já que ela começa a falar muito mal de seu entrevistado), é na verdade Dexter.

Quando ele finge ser outra pessoa, a confusão está armada.

Será que ela descobrirá a verdadeira identidade de Dex? Será que ele será capaz de mostrar para ela que na verdade ele é um homem apaixonante e honrado? Pegue sua pipoca e comece as apostas.
⠀⠀⠀⠀
🌷Quem me conhece sabe o quanto eu sou fã da Vi Keeland. Isso mesmo, eu sou fã à ponto de ler tudo o que ela escreve.

E quando eu comecei esse livro, eu não me decepcionei, porque simplesmente amei o casal.

Eu me vi em vários momentos rindo de várias situações e confusões que acontecem no livro (e olha que eu não sou uma pessoa que acaba rindo muito durante uma leitura). O livro é um dos mais tranquilos das duas autoras, no que se refere a cenas quentes, e entendi que elas quiseram deixar o livro com um tom mais romântico e menos quente, se posso assim dizer.

Outro ponto que gostei bastante da história, é que o Dex acaba mostrando que ele não é só um rosto bonito, e que na verdade tudo o que ele tem, veio por seu esforço, e que ele é honrado e um homem de bom coração.

Destaque para dois personagens coadjuvantes e que tiveram grande importância na história: o fofo do Bandit, que participa bastante dos diálogos (você só vai entender quando ler, rs) e o Jeleni, que ensina para o Dex que a verdade sempre tem que prevalecer.

Enfim, foi mais um livro da Vi Keeland com a Penélope que eu gostei bastante e que recomendo a leitura.

Resenha: Pôr do sol no Central Park / Sarah Morgan

Resenha: Pôr do sol no Central Park / Sarah Morgan

Resenha 🌷

resenhameuromeo

368 páginas || @sarahmorganwrites || @harlequinnbooksbrasil

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro PÔR DO SOL NO CENTRAL
PARK, segundo livro da série “Para Nova York, com amor” que foi publicado pela Editora Harlequinn.

Frankie Cole é uma das sócias da Gênio Urbano. Sendo uma designer maravilhosa, sua paixão é cuidar de toda a parte de paisagismo dos arranhá-céus de Nova York.

Focada demais no trabalho, e traumatizada por um divórcio difícil de seus pais, e de uma mãe que troca de namorado toda hora, ela passou a desacreditar no amor.

Mas o que ela não sabe é que Matt, o irmão de sua melhor amiga Paige, nutre um amor por ela há anos, e quando ambos acabam embarcando em um projeto de paisagismo juntos, Matt resolve que é hora de investir em Frankie e lutar por este amor.

Será ele capaz de transformar esse coração gelado e mostrar que o amor de verdade existe?
⠀⠀⠀⠀
🌷Precisamos falar do Matt.
Ai que homem maravilhoso. Sabe aquele mocinho que assim que ele aparece você sabe que ele é um homem para casar? Então, este é ele.
Ele é bonzinho, romântico, trabalhador, amoroso e bom amigo.

A Frankie já é muito focada no trabalho, muito mesmo.
Apesar de ter gostado dela, confesso que em alguns momentos a sua insegurança me chateou um pouco, porque o Matt era tão perfeito, que eu não conseguia entender ainda o porque ela resistia a este amor.

Mas mesmo assim, eu gostei muito da pesquisa que a autora faz sobre botânica, pois em muitos diálogos eles conversaram sobre isso e adoro quando o autor abrange temas que eu até então não havia visto em outros romances.

É um chick-lit e tem todas as suas características, já que tem uma mocinha moderna, independente e culta.

Outro ponto alto do livro é a amizade entre as meninas, e como em cada narrativa que elas aparecem, elas demonstram uma amizade totalmente sincera e pura.

Ansiosa agora pelo último livro da série, que traz a Eva, que desde o primeiro livro é minha personagem favorita.

Resenha: As lições da Dama Escarlate / Emma Wildes

Resenha: As lições da Dama Escarlate / Emma Wildes

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

336 páginas || Emma Wildes || @cherishbooksbr

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro AS LIÇÕES DA DAMA ESCARLATE, que foi publicado no Brasil pela Editora Cherish Books.

Lady Rolthven, tem algo em mente: transformar seu casamento em um casamento por amor.

Três meses após o casamento, seu marido é respeitoso, mas ela quer que ele se apaixone verdadeiramente por ela.

E então, ela acaba comprando um livro escrito por uma cortesã, no qual a autora promete dar dicas, de como seduzir um homem.

E com isso, Brianna começa a por em prática essas dicas, surpreendendo seu marido, que a cada dia parece resistir menos aos seus encantos.

Mas o que aconteceria se esse Duque respeitável, descobrisse a origem desses novos modos da Duquesa?
⠀⠀⠀⠀
🌷Este é o segundo livro da Emma Wildes que eu leio, e já posso me considerar fã.

Os livro dela são bem mais quentes do que os habituais romances de época, então espere histórias mais sedutoras, mais devassas, escritas de uma forma tão envolvente, que você começa e não consegue mais parar de ler.

Além disso, assim como no livro anterior, a Emma coloca uma história paralela alternando os capítulos, e te fazendo acompanhar uma outra história que está totalmente entrelaçada com a primeira.

Eu adorei as partes que a autora citava do livro da cortesã, porque além das dicas serem ótimas, a cada início de capitulo, eu ficava curiosa com o que ela daria de dica no momento.

A Brianna é espirituosa e sabe bem o que quer, apesar de achar o Duque as vezes um tanto bobo, eu gostei bastante do romance deles e julguei que este jeito dele, se dava a época e a polidez que os Duques tinham que ter.

O romance é leve, quente, bastante sedutor e bem gostoso de acompanhar.

Recomendo à todos os amantes de romances de época.

Obs: o livro está disponível para os assinantes do Kindle Unlimited.

Resenha: Nascido do Crime / Trevor Noah

Resenha: Nascido do Crime / Trevor Noah

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

336 páginas || @trevornoah || @taglivros

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro NASCIDO NO CRIME, que foi o livro de janeiro/2020 da caixinha da tag inéditos, no qual eu recebi em parceria.

Trevor Noah é um dos maiores comediantes da atualidade, o que você não sabe é que este homem negro, nascido na África do Sul, teve a sua infância e juventude nos últimos anos do apartheid.

Com uma autobiografia escrita de forma brilhante, vamos acompanhá-lo nestes anos, onde qualquer ato por menos que fosse, era considerado crime, só pelo fato de você não ter nascido na cor “certa”.
⠀⠀⠀⠀
🌷Eu sempre tenho medo de autobiografias, porque sempre acho que elas são um pouco arrastadas e com vários dramas que vão me deixar triste e melancólica.

Agora imagine a minha surpresa, quando eu li a sinopse e pensei: vou chorar, vou sofrer, e vai ser bem complicada a leitura… e eis que a tag e o autor me surpreendem trazendo um livro leve, em diversos momentos engraçado (apesar do tema forte e complicado) e com uma leveza sem igual.

No princípio você pensa: mas o apartheid aconteceu há muitos anos, mas o que você não sabe é que não faz tantos anos assim.

Este livro retrata a cultura de um povo que sofreu na pele o preconceito.
É uma história cruel, mas tratada de uma forma tão simples, que ao invés de te deixar melancólico, te faz pensar, só que sem te deixar triste.

Conhecendo mais sobre ele, que admiração eu criei por sua história.
A mãe dele foi uma guerreira e soube proteger o seu filho, independente de qualquer coisa.

Que mensagem importante que este livro nos trouxe. Queria que todos pudessem ler este livro e entender um pouco como o preconceito é ruim para todos.

Enfim, espero que todos possam ler essa autobiografia, até porque ela é uma história para guardar no coração.

Resenha: Amor em Manhattan

Resenha: Amor em Manhattan

Resenha 🌷

384 páginas || @sarahmorganwrites || @harlequinnbooksbrasil

Olá leitores, hoje trago a resenha do livro AMOR EM MANHATTAN, primeiro livro da série “Para Nova York, com amor” e que foi publicado pela editora Harlequinn.

Paige Walker é uma mulher extremamente determinada. E quando ela é demitida do emprego dos seus sonhos, ela fica muito triste.
E então quando vem a ideia de se juntar a outras duas amigas e criar uma nova empresa de organização de eventos e concierge, ela fica super animada.

Só que ser sua própria chefe nem sempre é tão fácil.

E quando o melhor amigo de seu irmão, Jake Romano decide ajudá-la, ela sabe que pode não ter um bom plano, afinal nutre uma amor não correspondido por ele há anos.

O que começa com um negócio de trabalho, acaba se tornando bem mais.
Só que Jake não quer saber do amor. Será que Paige será capaz de mudar esse conceito em seu coração?
⠀⠀⠀⠀
🌷Sou totalmente suspeita quando pego um livro onde o amor começou na adolescência, pois é um dos meus clichês favoritos.

A Paige sofreu muito na sua infância, já que teve muitos problemas de saúde quando criança, mas isso ao invés de torná-la alguém fraca, só a tornou mais forte e determinada.

O Jake por outro lado é aquele sonho de consumo para qualquer mulher: forte, decidido, fofo e totalmente apaixonante, mas que claro não quer saber nada sobre o amor.

É um livro que te tira da ressaca literária, justamente porque é um livro leve e que logo nas primeiras páginas, já faz você se apaixonar pela trama e pelo casal principal.

Não tem nenhum drama muito forte, o que eu particularmente acho ótimo, quando pego um livro assim. Afinal, nem sempre o leitor quer sofrer ou chorar quando lê um livro.

É clichê? É sim, senhor.
É apaixonante? Do início ao fim.
Tem final feliz? E como tem.
E não é isso que nós leitores de romances queremos? Então… se joga nesse livro e vem ser feliz.