Resenha: Engano irresistível / Vi Keeland

Resenha: Engano irresistível / Vi Keeland

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

336 páginas || @vi_keeland || @universodoslivros


Sinopse: Um novo sucesso erótico da autora best-seller do The New York Times — Vi Keeland! A primeira vez que vi Caine West foi em um bar. Ele notou que eu o estava encarando e deduziu que fosse um flerte. Quando veio falar comigo, coloquei-o na linha, exasperando tudo o que eu pensava sobre ele ser um mentiroso, traidor e egocêntrico. Sabe, aquele delicioso canalha havia levado minha amiga para jantar; depois, foram para cama e ele nem sequer mencionou que era casado. Por isso, merecia cada xingamento que saía da minha boca. Quando terminei, um sorriso preguiçoso se expandiu em seu rosto perfeito em resposta ao meu sermão. Só então percebi que o homem para o qual eu vociferava impropérios não era o cara certo. Ops. Lindo engano. Com vergonha, saí sem me desculpar e achei que nunca mais veria o estranho bonitão na vida, certo? Foi o que pensei… Até chegar à aula na manhã seguinte… Olá, professor West, sou sua nova assistente. Trabalharei diretamente abaixo de você… no sentido figurado. Embora trabalhar debaixo do professor West não fosse uma má ideia…


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro ENGANO IRRESISTÍVEL que foi meu primeiro contato com a autora, Vi Keeland.

Rachel acaba de encontrar com um homem que não vale nada.

Ele enganou sua amiga Ava, iludindo-a sem contar que na verdade ele é casado.

Cansada da cara de pau dele, ela parte para cima do seu rosto bonito e fala tudo o que pensa sobre aquele homem que fez tão mal a sua amiga.

O que ela não entende é porque ele fica parado somente olhando ela.

O que ela não imagina é que na verdade este é um tremendo engano e que mudará sua vida para sempre.

⠀⠀⠀⠀

🌷Este foi meu primeiro contato com a escrita da Vi Keeland e eu lembro bem quando minha amiga Kelly, me falou que eu precisava conhecer a escrita dessa autora.

E ela não podia estar mais certa de que eu amaria a história.

Os personagens são encantadores desde o início.

O Caine, é puro charme e faz você se apaixonar por ele desde o primeiro momento que ele fala algo, e enquanto a Rachel é o significado de mulher decidida e que não se deixa abater por nada.

A Vi Keeland acerta demais na construção dos seus livros, ela constrói bons personagens que acabam te fascinando e te prendendo do começo ao fim e com este não foi nada diferente.

O casal tem uma química única e o que eu mais gostei é que na história você tem um pequeno mistério e que eu confesso que não esperava, o que torna a história mais especial ainda.

Eu garanto que quem gosta de romance depois de ler um livro da Vi, jamais vai querer parar e posso fala isso com categoria, pois eu não canso de ler tudo o que ela já escreveu.

Conheçam este livro e se apaixonem por esta história como eu me apaixonei.

Resenha: Boa sorte Barbie / Aline Cabral

Resenha: Boa sorte Barbie / Aline Cabral

Resenha 🌷

205 páginas || Aline Cabral || @editoracoerencia


Sinopse: Acredita-se que exista uma ordem natural na vida: Faculdade – emprego – casamento e depois…filhos.
Não para Bárbara, que aos 17 anos ficou grávida de um cara que sumiu. Hoje, 14 anos depois, a designer de crochê e coordenadora de um clube da 3ª idade, sabe que às vezes a melhor escolha nem sempre é a mais fácil.
No entanto, a vida de Barbie, que parece ter entrando nos eixos, vira de pernas pro ar com a volta de Adam, o pai da sua filha.
Boa sorte, Barbie é uma história divertida e emocionante sobre as aventuras de uma mãe solo, que segura a onda o tempo todo, mantém as boas amizades, mas precisa aprender a enfrentar seus medos.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro BOA SORTE BARBIE, que eu recebi em parceria com a Editora Coerência.

Bárbara teve um romance de adolescência e por causa deste romance, acabou ficando grávida.

Sem saber o que fazer, já que tem 17 anos, ela fica desesperada ao perceber que o pai do seu bebê acabou sumindo.

Apesar disso, ela acaba assumindo a responsabilidade e criando sua filha da melhor forma possível.

E 14 anos depois, o pai de sua filha retorna, e traz à tona todos os sentimentos que estavam a tanto tempo escondidos.

⠀⠀⠀⠀

🌷 Quando eu solicitei o livro eu não sabia ainda que era o Spin-off de Acima do salto agulha.

Comecei a ler, sem conhecer os personagens ainda e mesmo me pegando de surpresa, consegui achar a história fofa.

É super clichê e com uma fórmula já vista em outras histórias, mas pra mim que gosto de romances e clichês achei a história boa.

É um livro super rápido de ler. Tanto que eu li ele em 1 dia tranquilamente e somando as horas, foram pouquíssimas.

Achei o romance fofo e adorei a filha da Barbie, a Liz.

Achei ela o ponto alto da história porque ela é uma adolescente fofa e super madura.

Acho que a trama ficou um tanto previsível, mas eu gostei.

Agora quero ler o primeiro para ver o que eu acho dele também.

Lançamento: Salvando a Mona Lisa

Lançamento: Salvando a Mona Lisa

Sinopse: No final de agosto de 1939, quando a guerra ameaçava eclodir na Europa, os curadores do Louvre guardaram o quadro mais famoso do mundo em um estojo especial forrado com veludo vermelho e o enviaram ao Vale do Loire, cerca de duzentos quilômetros ao sul de Paris. Assim começou a maior retirada de obras de arte e antiguidades da história. À medida que os alemães se aproximavam da capital em 1940, os franceses se apressavam para despachar as obras-primas cada vez mais ao sul, durante a guerra, cruzando todo o sudoeste da França.

Durante a ocupação alemã, a equipe do Louvre lutou para manter tesouros inestimáveis longe das mãos de Hitler e de seus seguidores e para manter o palácio do Louvre seguro, muitas vezes arriscando seus empregos e suas vidas para proteger a herança artística do país. Salvando a Mona Lisa é a história arrebatadora e cheia de suspense dessa batalha.

Resultado de uma pesquisa profunda e acompanhado por fotografias fascinantes daquele período, Salvando a Mona Lisa é uma envolvente história real de arte e beleza, intriga e sagacidade, e de uma coragem moral notável em face de um dos inimigos mais aterrorizantes da história.

 

 

“Fantástico… Esta é a história dos habitantes de um país humilhado que fizeram todo o possível para preservar a herança cultural de sua nação… As fotografias em preto e branco neste livro são, por si só, dignas de uma exposição de arte.”
Daily Mail

“O relato de Gerri Chanel sobre como a França preservou sua arte tanto da destruição da guerra quanto da pilhagem dos alemães se parece com um thriller.”
Caroline Moorehead, The Times Literary Supplement

“Um relato poderoso sobre os homens e as mulheres que lutaram para salvar o patrimônio da França, e uma história encantadora sobre arte e conspiração.”
France Magazine

Resenha: Vergonha / Brittainy C Cherry

Resenha: Vergonha / Brittainy C Cherry

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

418 páginas || @bcherryauthor || @grupoeditorialrecord


Sinopse: Um amor inesperado que surge de forma inusitada e arrebata a vida de Grace Harris.

 Grace Harris está perdida e sozinha em sua casa em Atlanta depois que o homem que ela pensou que ficaria a seu lado pelo resto da vida traiu sua confiança, partiu seu coração e saiu de casa, deixando seu casamento em suspenso.

Grace resolve, então, passar o verão com a família em Chester, sua cidade natal, para respirar, dar um tempo de tudo. Sua vida está uma bagunça e o que ela precisa no momento é de um pouco de gentileza e compaixão.

Por incrível que pareça, Grace encontra isso na pessoa mais improvável de todas: Jackson Emery, a ovelha negra da cidade. Conhecido como a erva daninha de Chester, ele é sinônimo de encrenca, e não faz nada para mudar essa imagem. Tendo perdido na infância o que havia de mais valioso na vida, Jackson se tornou um homem amargurado e não dá a mínima para o que pensam dele.

Os caminhos de Grace e Jackson acabam se cruzando de um jeito inusitado e a tristeza profunda que carregam atrai os dois como ímã. Ambos sabem que não foram feitos um para o outro, mas, como tudo vai acabar mesmo com o fim do verão, resolvem deixar rolar e se entregar a uma diversão passageira.

Porém, o que Grace não imaginava é que seu coração, já destroçado, seria obrigado a aprender que certos relacionamentos são capazes de causar dores muito profundas, e que é sempre preciso fazer uma escolha.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VERGONHA que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Grace acaba de ser abandonada pelo marido.

O homem por quem desejou seus votos e que achou que viveria seu felizes para sempre, acabou se mostrando um traidor. Mas mesmo com a traição, Grace ainda queria que seu marido mudasse e que não a abandonasse.

Até que, de volta a pequena cidade do interior do Arizona, ela se depara com o problemático, Jackson Emery.

Jackson não é o homem certo para alguém tão perfeita como Grace, mas quando ele se mostra mais sensível do que aparenta ser, como resistir?

Um toque de mãos, um beijo, um abraço que acalma, e então seu coração pode se curar. Mas quem precisa mais reaprender a amar? Jackson ou Grace?

⠀⠀

🌷Enquanto escrevo esta resenha, lágrimas escorrem do meu rosto. E não tá sendo fácil superar o que eu senti ao ler este livro.

Sabe quando você não acredita mais que alguém seja totalmente puro? Pois é, mas aí você encontra uma mocinha como a Grace e ela te mostra que sim, existem pessoas que acabam só vendo o lado bom das pessoas, e não é que elas sejam bobas, pelo contrário, são puras de alma e isso aquece demais o coração.

E aí você conhece o Jackson e seu coração quebrado e aquela fachada de não querer sentir nenhuma emoção.

Junte alguém que sente demais e alguém que não quer sentir, e te apresento um dos casais mais bonitos que já li até hoje.

Eu nem tinha terminado este livro e já sabia que ele tinha entrado no meu top 10, com 5 estrelas com certeza e que eu jamais esqueceria o que eu senti ao ler.

E aí cheguei a última página e como não amar? Como não se apaixonar por uma história onde perdão, família, amor e fé, andam sempre lado a lado?

Eu me apaixonei por cada parte dos personagens.

Eu entendi eles, sofri com eles e me apaixonei completamente por cada um deles.

E só te peço um pequeno favor agora, caro leitor: pare agora o que está lendo e leia este livro. E se você não se emocionar como eu me emocionei, vou entender que eu não sei mais nada sobre o que é o amor.

Lançamento: Ano 1 / Nora Roberts

Lançamento: Ano 1 / Nora Roberts

Quando este mundo acaba, um novo começa. 

Tudo começa na noite de Ano-Novo. A doença se alastra rapidamente. Em questão de semanas, a rede elétrica para de funcionar, as leis e o sistema de governo entram em colapso e mais da metade da população mundial é dizimada.

Onde existia ordem, agora só há caos. E conforme o poder da ciência e da tecnologia diminuíam, a magia crescia e tomava o seu lugar. Uma parte dessa magia é boa, como a feitiçaria praticada por Lana Bingham no apartamento que divide com o amante, Max. Outra parte dela, no entanto, é inimaginavelmente maligna, e pode se esconder em qualquer canto, numa esquina, nos fétidos túneis sob o rio ou dentro daqueles que você mais ama e conhece…

Espalham-se rumores de que nem os imunes nem os dotados estão a salvo das autoridades que patrulham as ruas devastadas, então Lana e Max resolvem deixar Nova York. Outros viajantes também seguem esperançosos para o oeste: Chuck, um gênio da tecnologia que mantém o bom humor em um mundo off-line; Arlys, uma jornalista que insiste em buscar e registrar a verdade; Fredinha, uma jovem com um otimismo que parece fora do lugar nessa paisagem desoladora; Rachel e Jonah, médica e paramédico, determinados a proteger uma jovem mãe e seus três bebês recém-nascidos.

Em um mundo em que cada estranho no caminho pode representar a morte ou a salvação, nenhum deles sabe o que encontrarão. Porém, um novo horizonte os aguarda, a concretização de uma profecia ancestral que transformará a vida de todos os sobreviventes.

O fim chegou. O início é o que vem agora.

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

279 páginas || @carrie.elks || @veruseditora


Sinopse: Pode estar nevando lá fora, mas, em uma cabana de madeira no meio da floresta, as coisas estão definitivamente quentes… A estudante de cinema Kitty Shakespeare está determinada a aproveitar ao máximo seu novo emprego como babá. Pode não ser exatamente a carreira que ela esperava quando mudou de Londres para Los Angeles, mas, graças ao hábito de travar em entrevistas, esta pode ser sua última chance de impressionar um dos maiores produtores de Hollywood ― se ela conseguir cuidar do filho dele direito, certamente o homem vai olhar para ela com mais atenção. Pelo lado positivo, há muita neve na casa da família nas montanhas e ela sempre adorou crianças. Mas Kitty não contava se envolver com a família problemática do chefe, nem se sentir atraída por Adam, o irmão sexy e recluso. Adam Klein pode ser lindo, mas também é bruto e grosseiro e não está pronto para cair de quatro pela babá ― não depois do ano que ele teve. Tudo o que ele quer é se enfiar em sua cabana na floresta e se esconder do irmão que destruiu sua vida. Se ao menos ele conseguisse ignorar a maneira como Kitty faz seu coração disparar… Isso está longe de ser amor à primeira vista ― mas desde quando o caminho para um final feliz digno de cinema acontece sem tropeços? Um amor de inverno é mais um romance de aquecer o coração da série As Irmãs Shakespeare. Quatro irmãs, quatro histórias… quatro maneiras de encontrar o amor verdadeiro.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UM AMOR DE INVERNO, que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Kitty Shakespeare precisa desesperadamente de um estágio e quando durante uma entrevista surge uma oportunidade de ser babá de um dos produtores de cinema mais famosos de Los Angeles, ela não perde oportunidade.

Porém, a família para a qual vai trabalhar deseja ir para o meio das montanhas passar o Natal.

Tudo o que Kitty quer é impressionar seu chefe, porque assim quem sabe, ele arruma uma vaga quando seus trabalhos de babá não forem mais necessários.

O que ela não esperava era conhecer o irmão de seu chefe e que por mais ignorante e convencido que seja, desperta em seu coração uma vontade de ficar perto.

Adam Klein, não quer ficar atraído por ninguém, mas como resistir aquela loira linda, meiga e que faz seu coração bater mais forte?

⠀⠀⠀⠀

🌷 Pensa em um romance super fofo, pois este livro é assim.

Logo no começo eu já fiquei tão presa na história, que eu simplesmente não conseguia parar de ler.

Eu sou suspeita para romances que começam com o casal implicando um com um outro, e quando este começou assim, eu só conseguia amar mais e mais a cada página lida.

O tipo de livro que aquece o seu coração e que por mais clichê que seja, ele é tão bem escrito e de uma forma tão envolvente que você vai lendo e se apaixonando a cada página virada.

Eu adorei a Kitty. Adorei demais. Ela é o tipo de mocinha que eu adoro, porque é aquele tipo forte, mas ao mesmo tempo doce. Aquela que é delicada e tem tanto amor no coração, que qualquer um que convivesse com ela iria se apaixonar.

E temos o Adam, que a princípio você quer bater nele, mas vai se apaixonando tanto por ele também, que só pensa em querer pegar ele no colo.

E ele se transforma tanto, mas tanto, que você quando vê já está completamente apaixonada por ele também.

Um romance gostoso, envolvente e que vai fazer o seu coração ficar tão contente, mas tanto contente, que você termina suspirando e encantado.

Resenhas: Vem Comigo / Karma Brown

Resenhas: Vem Comigo / Karma Brown

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

303 páginas || @karmakbrown || @veruseditora


Sinopse: Cheio de amor e esperança, Vem comigo é uma comovente celebração da força do espírito humano. Tegan Lawson tem tudo o que poderia querer da vida, incluindo Gabe, seu marido amoroso, e um bebê a caminho. Mas um acidente deixa a vida de Tegan tão devastada como o carro do qual ela foi resgatada.Entre a perda do bebê e a raiva incontrolável por Gabe, que estava dirigindo naquela noite, Tegan está afundando em tristeza. E, quando ela pensa que chegou ao fundo do poço, Gabe a lembra do “pote dos desejos”, uma coleção das viagens e experiências dos sonhos do casal. E assim se inicia a aventura. Dos tumultuados mercados da Tailândia até os sabores da Itália e as ondas do Havaí, Tegan e Gabe embarcam em uma jornada para escapar da tragédia e encontrar o perdão. Mas, quando as coisas tomam um rumo chocante no Havaí, Tegan é forçada a encarar a verdade — e a decidir se a vida ainda vale a pena, mesmo que não seja exatamente como ela sonhou.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VEM COMIGO, que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Tegan Lawson tem uma vida maravilhosa. Está grávida do primeiro filho e é casada com o homem dos seus sonhos, Gabe.

Tudo ia bem, até que durante uma viagem um acidente ocorre e ela acaba perdendo o bebê que estava esperando.

Devastada com a perda, já que não consegue superar ter perdido o bebê que tanto sonhou, ela acaba descontando toda a sua frustração no condutor do carro, ou seja, seu marido.

É então que Gabe lembra que eles tinham feito um “pote dos desejos” onde incluíram locais que queriam conhecer e sonhos que queriam realizar ao longo da vida.

Partindo então em busca de uma recuperação psicológica, eles partem primeiro para a Tailândia, depois viajam para a Itália e logo depois para o Havaí, onde existem lembranças de um momento feliz.

Serão capazes de se perdoar? Existe uma forma de recomeçar a vida mesmo com uma perda tão grande?

⠀⠀⠀⠀

🌷Este livro me trouxe um mix de sensações. Vou citar aqui alguns sentimentos que eu tive durante a leitura.

Primeiro eu fiquei triste, triste pela perda que eu imagino o quanto deve ser dolorosa.

Depois eu senti raiva, muita raiva. Raiva porquê você sabe quando uma pessoa está sofrendo e você não consegue entender como o sofrimento de um, pode ser maior que o outro, sendo que ambos têm perdas.

Depois eu sofri, sofri muito.

Porque este livro me surpreendeu de tantas formas e terminei ele chorando. Chorando muito.

Enquanto eu ia lendo, e pela sinopse falar que algo acontecia na viagem ao Havaí, eu fiquei naquela expectativa enorme até chegar nesta parte. E quando ela chegou, meus amigos, como doeu.

Doeu tanto. Mas tanto!

Nós nunca sabemos a dor do outro. Nunca sabemos a melhor forma de superar uma perda. Por mais que sentimos varias coisas, cada um sente de uma forma. E esta forma é tão única e dolorida, que você sente na alma enquanto você lê este livro.

É um livro especial, e eu sei que vou me lembrar da história dele durante muito tempo ainda. Porque é algo que marca. É algo que cria raízes no coração para todo o sempre.