Resenha: Dias Febris / Francis Graciotto

Resenha: Dias Febris / Francis Graciotto

zumbi.png

Resenha

Dias Febris

Francis Graciotto

125 páginas  || Cultura Letras Edições


SinopseA Febre Vermelha surgiu na região de Santos e se espalhou pelo Brasil, uma doença que deixa seus infectados com olhos vermelhos e uma insaciável fome por carne humana. A sociedade rui em questão de dias. Policiais, médicos, bombeiros e até os responsáveis por gerenciar as redes de energia elétrica e comunicações estão ocupados tentando sobreviver e não resta nenhuma autoridade para proteger a população da doença e dos infectados. Em todas as regiões do país, cada um está por conta própria. Estes são os Dias Febris. Em uma coletânea de oito histórias em diversas cidades brasileiras, Dias Febris conta pontos de vista diferentes dos dias que seguem à Febre Vermelha. São histórias individuais, podendo ser lidas antes ou depois do primeiro livro.


Dias Febris é uma série de histórias em diversas cidades brasileiras durante a epidemia da Febre Vermelha. Um vírus que deixa seus infectados com uma febre ensandecedora, olhos vermelhos e fome insaciável. Cada conto é um caso isolado, podendo ser lido em qualquer ordem, antes ou depois do livro Febre Vermelha (já tem resenha aqui).

Vou falar mais detalhes de Dias Febris pra vocês.

📌Com 8 contos maravilhosos contando de diversos pontos de vista acontecimentos no momento exato em que a febre se alastrou por todo o Brasil, Dias Febris é para te fazer pensar. Sim, pensar. O que eu faria naquela situação? Cenas com muita ação e violência (muuuito sangue)dão um toque em cada página onde a medida da leitura que você vai chegando ao clímax do final de cada conto, é surpreendido com finais de tirar o fôlego. Não tem como escolher um preferido, sou fã da escrita do autor e de suas histórias desde a primeira vez que li algo dele.

Só digo. É fã de histórias de zumbis? Você precisa conhecer os livros do Francis. Histórias que não são mais do mesmo e com livros lindos com acabamento de super qualidade! 😍

Esse tem a separação de contos com páginas vermelhas e ilustrações lindas. 🖤

É fã do universo? Precisa deste livro na sua estante!
Resenha – A verdade oculta / Juliana Dantas

Resenha – A verdade oculta / Juliana Dantas

Resenha 🌷 ⠀⠀⠀⠀

416 páginas || @julianadantas_autora || @pandorgaeditora ⠀⠀


Sinopse: Em um fechamento de negócios, o empresário Andrew Waldorf recebeu o convite para um misterioso clube secreto num casarão antigo, luxuoso e decadente, onde homens e mulheres realizam suas fantasias sexuais com seus rostos ocultos por enigmáticas máscaras. A princípio cético, embora curioso, Andrew não imaginava que se veria seduzido por uma linda garota usando máscara azul que, ao fim da noite, desapareceu sem deixar rastro, o deixando obcecado pela ideia de descobrir sua identidade. Mais de um ano depois e ainda preso àquela obsessão, o destino o faz finalmente encontrá-la num local que jamais poderia sequer imaginar. A garota da máscara azul do clube de perversão era Melinda Kelly, a inocente babá de seus sobrinhos. No entanto, o que Andrew pensa ser a descoberta da verdade é apenas uma parte de uma rede de segredos muito bem guardados por Melinda. Uma verdade oculta que pode destruir toda uma família.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro A VERDADE OCULTA, que eu recebi em parceria com a Editora Pandorga.
⠀⠀⠀⠀
Melinda é tímida, doce e sabe bem o que quer. Ela quer se formar em jornalismo e ter uma carreira bem sucedida, até que a pedido de uma amiga, ela acaba aceitando ir até uma festa, onde existe uma única regra: ninguém pode saber quem é você.
⠀⠀⠀⠀
E então ela parte para este clube fechado e totalmente secreto, sem saber muito o que esperar, lá, sua vida acaba mudando para todo o sempre. ⠀⠀⠀⠀
Andrew é rico, bonito e tem um charme indescritível, e quando recebe um cartão pra ir até um clube fechado, sua curiosidade acaba vencendo e ele aceita ir até lá.
⠀⠀⠀⠀
E quando ele coloca os olhos na misteriosa mulher de máscara azul, ele só sabe que quer ter ela pra si. E depois de uma noite de paixão e desejo, ela some sem deixar rastros. ⠀⠀⠀⠀
Mas o destino é sempre traiçoeiro e acaba juntando ambos na mesma casa, mas em situações que jamais imaginariam.
⠀⠀⠀⠀

🌷Pensa em uma história que prende? Pois bem é este livro. ⠀⠀⠀⠀
Depois que eu comecei a ler, eu simplesmente não conseguia parar. Fui ficando obcecada pra saber como tudo iria terminar, e evitei ao máximo contar pra vocês o que acontece depois das primeiras páginas porque a surpresa faz o livro ser maravilhoso.
⠀⠀⠀⠀
Eu jamais imaginei o que aconteceria e isso foi revelador. O segredo, as mentiras e o drama no livro todo, só me faziam pensar que este livro daria uma ótima novela mexicana, e amigos… eu amoooo novela mexicana. ⠀⠀⠀⠀
É um livro com reviravoltas, segredos, pecados, arrependimentos, personagens que aprendemos a amar e outros que odiamos na mesma proporção.
⠀⠀⠀⠀
Foi um livro que me fez amar mais ainda a escrita da autora e que eu super recomendo para todos que adoram um bom drama, regado com amor e tudo o que uma boa história deve conter.
⠀⠀⠀⠀
Espero que tenham gostado e deixem as suas impressões.

Resenha – Nove regras a ignorar antes de se apaixonar / Sarah Maclean

Resenha – Nove regras a ignorar antes de se apaixonar / Sarah Maclean

Resenha 🌷

384 páginas || @sarahmaclean || @editoraarqueiro ⠀


Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro NOVE REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR.

Calpúrnia Hartwell está longe de ser a beldade que todos os homens desejam a seu lado, e mesmo tendo um site invejável, e ser uma verdadeira dama, ela não teve a sorte em suas temporadas e continua sendo uma solteirona.

Porém, cansada de ser o modelo perfeito de mulher, ela decide se arriscar e realizar todos os desejos que sempre teve, mas que a sociedade a proibiu, e por isso ela cria uma lista com 9 regras que deseja quebrar.

Mas para realizar algumas dessas tarefas ela precisa de alguém para ajudá-la, então seu caminho cruza com o do libertino Marquês de Ralston, que pode ser homem ideal para ajudá-la.

Mas como não misturar tudo isso com um amor guardado por muitos anos? E como resistir a uma mulher que se quer, jamais sonhou em desejar? Cuidado. As regras podem ser quebradas.

 


🌷Precisamos falar sobre Sarah Maclean. Precisamos falar sobre suas mocinhas, sobre seus livros e sobre tudo o que ela escreve.

Eu comecei lendo os livros meio que fora de ordem e me indicaram tanto começar logo desde o primeiro. Nossa, só posso dizer que eu amo muito quem me indicou e me falou deste livro.

A Callie é M A R A V I L H O S A, sério!! Ela é aquela mocinha que não tem medo e que acha que pode, e deve ter os mesmos direitos que um homem mesmo numa época tão retrógrada.

E junta todo esse pensamento ao de um libertino assumido o que temos? Um dos melhores romances de época de todos os tempos.

Eles são perfeitos juntos. A força do Gabriel com a força e coragem da Callie é perfeita.

É impossível você terminar o livro não menos do que apaixonada, desmaiada, encantada, surtada e tudo o que você puder imaginar que possa descrever algo surreal.

Vocês têm que ler Sarah Maclean. Vocês têm que entender o romantismo, a sensualidade e a feminilidade de uma mocinha “não convencional”.

Termino essa resenha aqui, não por falta do que falar, mas porque eu escreveria um livro sobre 9 regras e motivos e te obrigaria a ler. Leia! E te garanto que não vai se arrepender.

Resenha – Amor nas Highlands / Suzanne Enoch

Resenha – Amor nas Highlands / Suzanne Enoch

Resenha
⠀⠀⠀⠀
256 páginas || @suzanne.enoch || @editoragutenberg


Sinopse: Graeme, Visconde de Maxton e líder de um clã nas Highlands, possui mais inimigos do que amigos, incluindo seu vizinho, o temido Duque de Lattimer. Apesar disso, Graeme só pensa no bem-estar de seu povo e não procura confusão com os outros clãs. Mas quando seus estúpidos irmãos mais jovens sequestram Lady Marjorie, a irmã do duque, todos os planos de Graeme vão por água abaixo…

Marjorie Forrester é, por consequência, uma inimiga de seu clã, e capturá-la deixa Graeme no meio de um impasse: se entregá-la ao chefe do clã Maxwell, a jovem pode ser morta; se a deixar ir embora, seus irmãos poderão ser condenados. E se entregá-la ao Duque de Lattimer, Graeme é quem acabará morto.

O que o highlander deve fazer, além de manter a garota por perto até pensar no próximo passo? E como conter a atração inesperada que está surgindo entre eles?

Em Amor nas Highlands, da autora best-seller do The New York Times Suzanne Enoch, você descobrirá o que o amor e a guerra têm em comum, e como a paixão pode surgir das formas mais improváveis.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro AMOR NAS HIGHLANDS que eu recebi em parceria com a Editora Gutenberg.
⠀⠀⠀⠀
Lady Marjorie Forrester descobriu a pouco que seu irmão Gabriel, é o novo Duque de Lattimer, porém, como o título foi recém descoberto a aristocracia de Londres acaba não aceitando muito bem.
⠀⠀⠀⠀
E então querendo ver o casamento de seu irmão, ela parte em direção às Highlands.
⠀⠀⠀⠀
Só que o que ela nunca esperou, é que acabasse sendo sequestrada.
⠀⠀⠀⠀
Graeme é o chefe de sua família. Como seus pais morreram jovens, ele teve que, desde cedo assumir a responsabilidade de criar seus irmãos.
⠀⠀⠀⠀
Porém, eles resolvem fazer algo inaceitável: sequestrar uma garota. Só que essa Lady por ser irmã de quem é, acaba atraindo muita atenção para si, e Graeme fica entre entregar ela aos inimigos de seu irmão e ser morta, ou entregá-la para sua família e correr o risco dele e seus irmãos serem mortos.
⠀⠀⠀⠀
Além de ter que tomar essa difícil decisão, a atração entre os dois começa a se intensificar e resistir a isto é cada dia mais impossível.
⠀⠀⠀⠀

🌷 Confesso que eu comecei este livro um pouco mais receosa, pois o começo do outro é um pouco mais lento e fiquei com medo de que este também pudesse ser.
⠀⠀⠀⠀
Mas, este livro me surpreendeu muito. A escrita é bem mais fluida, e fica impossível você querer parar de ler e saber como eles vão resolver esse impasse.
⠀⠀⠀⠀
E como eu amei o Graeme. Ele é forte, doce, mandão e com um coração enorme e apesar de as vezes a Marjorie me irritar um pouco, eu super entendi ela, e ela se transformou na peça que faltava naquela família.
⠀⠀⠀⠀
História fofa, doce, cheia de aventura e com um enredo bem diferente, o que sempre me cativa demais quando estou lendo.
⠀⠀⠀⠀
Espero que leiam este livro, pois ele está maravilhoso e com uma história de encantar o coração.

Review English – Bad Romeo / Leisa Rayven

Review English – Bad Romeo / Leisa Rayven

 

51DkwDCLeUL

Review
#meuromeoblog 
Note 📝: ⭐⭐⭐⭐⭐ (5) if I could I would give six ❤

417 pages || Leisa Rayven


When Cassie Taylor met Ethan Holt at acting school, sparks flew. She was the good girl actress. He was the bad boy about campus. But one fated casting choice for Romeo and Juliet changed it all. Like the characters they were playing, Cassie and Ethan’s romance seemed destined. Until he broke her heart and betrayed her trust. Now the A-list heartthrob is back in her life and turning her world around. One touch at a time. 

Cast as romantic leads once again, they’re forced to confront raw memories of the heartbreaking lows and pulse-pounding highs of their secret college affair. But they’ll also discover that people who rub each other the wrong way often make the best sparks.


Yes, I’m totally cliché. Yes, I’m in love. Yes, I love stories like the one I’m going to tell you next.

This book was on my endless list and I always looked at the cover in the bookstore and talked one day I’m going to buy it, until I asked for it and I won 🍁

After he was with me I was depressed with a pre book that I could not read until I decided totake courage and then it was bad because I freaked out, I got out, I cried.
This book tells the story of Cassie and Ethan, who are trying to get into drama college and are cast as Romeo and Juliet in a college play.

She sweet and desperate to beaccepted, he closed and full of ghosts of the past.

“Hey,” he calls as he touches my arm, “it does not help anything in concentration,” we can.I raise my eyes. Her eyelashes are ridiculous. As he looks at me,something twists inside my stomach. “

the story unfolds in 2 moments, a 6 years ago while they were in school, and another in the present 3 years after he left the cassie and destroyed his heart.

“The kiss is rude and desperate and full of a passion that I do not want to feel. But that’s where all the best memories of him live.That’s what we should have been. Ever.

Mouths and hands on each other, breathe each other’s air.
Enjoying our connection of souls, not running away from them. “

I went through a thousand emotions, love for ethan, hatred of ethan, I loved cassie, I hated her too. While I loved one, I hated the other.

It fascinated me, I loved it.The pain of the cassie killed me, but the desire to regain ethan healed me, and although it ends without an end, since there is the next book, I cried liters and liters with the final 3 pages of this.

Cliché: yes, too much.
cute: too much
Awesome: no doubts.
It went into my top 10 and made me want to read like before. .Come Juliet, because I’m already yours.

Resenha: O Sorriso da Hiena / Gustavo Ávila

Resenha: O Sorriso da Hiena / Gustavo Ávila

o sorrisso da hiena

Resenha

O Sorriso da Hiena 

Gustavo Ávila

304 páginas  || Verus Editora


Sinopse: É possível justificar o mal quando há a intenção de fazer o bem? Uma trama complexa de suspense e jogos psicológicos Atormentado por achar que não faz o suficiente para tornar o mundo um lugar melhor, William, um respeitado psicólogo infantil, tem a chance de realizar um estudo que pode ajudar a entender o desenvolvimento da maldade humana. Porém a proposta, feita pelo misterioso David, coloca o psicólogo diante de um complexo dilema moral. Para saber se é um homem cruel por ter testemunhado o brutal assassinato de seus pais quando tinha apenas oito anos, David planeja repetir com outras famílias o mesmo que aconteceu com a sua, dando a William a chance de acompanhar o crescimento das crianças órfãs e descobrir a influência desse trauma no desenvolvimento delas. Mas até onde William será capaz de ir para atingir seus objetivos? Em O sorriso da hiena, o leitor ficará fisgado até a última página enquanto acompanha o detetive Artur Veiga nas investigações para desvendar essa série de crimes que está aterrorizando a cidade.


 

“E foi assim que os olhos da sua mãe, que sempre conseguiram dizer tudo sem precisar de uma palavra sequer, silenciaram para sempre ao som de uma arma de brinquedo.”

 

Uma série de assassinatos ocorrem com muita crueldade. Neles, há sempre um padrão  específico onde o assassino deixa sempre tudo na cena do crime em perfeita comparação. Duas cadeiras ocupadas pelos pais enquanto a criança, filho das vítimas, ocupa uma terceira cadeira. O assassino corta a língua do pai e mata a mãe com um tiro na cabeça. A criança é deixada onde está sempre com um detalhe, uma certa preocupação do assassino com a criança.
Nessa história conhecemos o detetive Artur e o psicólogo William. O psicólogo é famoso por sua tese intitulada  “Como se formam os adultos” onde fala sobre as fases das crianças e o que acontece com sua índole dependendo de como foi sua criação (convívio familiar). A partir daí  William começa a se comunicar com o assassino que está aterrorizando a cidade e perturbando a policia que não consegue encontrá-lo, o assassino quer convencer William a ajudá-lo em uma pesquisa parecida com a tese tão famosa do psicólogo. Artur, o detetive excêntrico, está no meio disso tudo tentando encontrar o assassino. E um detalhe importante é que, o assassino, David, também teve seus pais mortos da mesma forma, quando ainda era uma criança.
Quando eu digo que este livro choca, acredite em mim. O autor fala de uma forma crua sobre a natureza humana. A forma como o enredo é desenvolvido, me prendeu do começo ao fim. O detetive Arthur fez toda a diferença na trama. O livro tem uma narrativa bem construída e detalhista que te deixa imerso na história (devo ressaltar que a escrita do Gus me lembrou muito o Raphael Montes), com aqueles personagens bem marcantes e uma trama muito bem construída. O final de O Sorriso da Hiena tem uma reviravolta digna os melhores suspenses policiais que vemos por ai.

 

 

“Sabedoria não tem nada a ver com idade, David. Tem a ver com o que o mundo te dá e o que você aprende com isso.” 

Resenha: Mais que amigos / Lauren Layne

Resenha: Mais que amigos / Lauren Layne

Resenha

#resenhasmeuromeo

Mais que amigos

Lauren Layne

217 páginas || Editora Paralela


Sinopse: Será que vale a pena arriscar uma grande amizade em troca de um amor inesquecível?

Aos vinte e dois anos, a jovem Parker Blanton leva a vida que sempre sonhou. Tem um namorado inteligente e responsável, um emprego promissor e a companhia de seu melhor amigo, Ben Olsen, com quem divide um lindo apartamento.
Parker e Ben são tão grudados que muita gente duvida que eles morem sob o mesmo teto sem nunca ter vivido um caso, mas eles não se importam com o que as pessoas pensam. Sabem que não foram feitos um para o outro — pelo menos não para se envolver.
Por isso, quando um acontecimento inesperado faz com que Parker se veja sem namorado e com o coração partido, ela sabe que pode contar com Ben para ajudá-la a sacudir a poeira e partir para outra. Afinal, ninguém seria mais ideal do que seu melhor amigo para lhe mostrar os prazeres da vida de solteiro… certo?
Mais que amigos é uma comédia romântica irresistível!


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro MAIS QUE AMIGOS, que foi publicado pela Editora Paralela. ⠀⠀⠀⠀

Você acredita que possa existir uma amizade sincera e sem malicia entre um homem e uma mulher? Não? Pois Parker e Ben vão mostrar que você está completamente errado.
⠀⠀⠀⠀
Parker é linda, decidida, fanática por limpeza e que namora a anos com Lance, mas que apesar disso mora a um bom tempo com seu melhor amigo de faculdade.
⠀⠀⠀⠀
Ben é o típico mulherengo, onde cada noite arruma uma nova conquista. Não que ele seja contra a relacionamentos, ele só acredita que isto não é pra ele.
⠀⠀⠀⠀
E a convivência com Parker é a melhor coisa do mundo. Ninguém acredita que nunca tenha acontecido nada entre eles, e de fato nunca aconteceu.
⠀⠀⠀⠀
Até que Parker vê se namoro dos sonhos desmoronar, e ela só quer seguir os passos de seu amigo: sair com varias pessoas e ter noitadas de arrasar.
⠀⠀⠀⠀
Mas as coisas podem não ser tão simples e tudo pode mudar a qualquer momento.
⠀⠀⠀⠀
🌷 Aquele famoso clichê que nos amamos? Sim, senhor!! ⠀⠀⠀⠀
Esse livro é tão fofo, e tão meigo que chega a deixar o coração quentinho.
⠀⠀⠀⠀
Com uma temática que pelo título não deixa a gente muito a cargo da imaginação, mas que consegue te deixar suspirando e torcendo por um futuro e um final feliz.
⠀⠀⠀⠀
Eu sempre acho que a base do amor é a amizade e o companheirismo. E quando você acha isso, o amor anda sempre lado a lado.
⠀⠀⠀⠀
E é a fórmula do nosso romance. É algo que acalma, encanta, e deixa você com aquela carinha boba e pensando: aí o amor é tão lindo!
⠀⠀⠀⠀
Nossos protagonistas são aqueles opostos que se completam, são pessoas que se encaixam perfeitamente bem em um quebra cabeça.
⠀⠀⠀⠀
E não, não deixe de ler porque é clichê, leia justamente por isso. O clichê beira a amor, e num mundo atual, precisamos acreditar nele.