Resenha: Onde mora o coração / Jill Shalvis

Resenha: Onde mora o coração / Jill Shalvis

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

302 páginas || @jillshalvis || @faroeditorial


Sinopse: Na adolescência, ele partiu seu coração.Agora, ele a faz vê-lo de modo diferente.Será uma segunda chance? Uma gata maluca vai reaproximar uma garota de seu crush da escola. Mas ela não parece feliz com o reencontro… Pensa que ainda o odeia. O fato de Keane não se lembrar dela torna tudo mais irritante. Agora adultos, ele também deixou de investir em relações, pois não acredita ser capaz de se apaixonar ou encontrar a pessoa certa. Prepare-se para rir e se emocionar como o novo livro de Jill Shalvis!Em meio a amigos e filhotinhos de seu pet shop, Willa Davis leva uma vida de enorme realização profissional. Mas falta algo: a seção de sua vida “relacionamentos amorosos” anda paralisada. E nada parece estar a caminho para mudar esse destino.Keane também anda desiludido depois de muitos desencontros. Mas após receber a tarefa de cuidar da temperamental gata de sua tia-avó, ele procura uma especialista no assunto, e o destino joga suas cartas.Ele não faz a mínima ideia de quem seja a proprietária da loja de animais, mas Willa sabe exatamente quem ele é… Alguém que no passado já partiu seu coração.E nada é fácil quando se trata de duas pessoas que se fecharam para o amor.Os amigos entram em ação. Mas tão diferentes? Tão improváveis? Será que Keane mudou? Será que Willa é capaz de perdoar? Esta é uma história divertida sobre quais escolhas valem a pena e sobre como podemos evitar o olhar viciado que sabota as oportunidades… e, também, sobre aceitar a sorte quando ela aparece.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro ONDE MORA O CORAÇÃO, que eu recebi em parceria com a Faro Editorial.

Willa Davis teve o coração partido quando ainda era uma adolescente.

O homem dos seus sonhos não compareceu à um baile com ela, no qual ela fez de tudo para ir, e por causa dessa desilusão ela não quer mas saber do amor.

Atualmente ela é dona de um Pet Shop, onde cuida de alguns animais e vive a vida que sempre sonhou: dona do próprio negócio e fazendo algo que ama.

Seu coração continuava fechado, até que um dia um homem bate na porta com uma caixinha de transporte com um gatinho dentro.

O que ela não esperava era que este homem fosse o responsável por sua primeira desilusão amorosa.

Será que o coração é capaz de perdoar? E será que ele vai se lembrar dessa mulher de cabelos loiro avermelhados e que parece mexer com o seus sentimentos só de olhar pra ela?

⠀⠀⠀⠀

🌷Quanto amor em um livro só.

Sabe quando você vai lendo um livro e vai se encantando pelos personagens? É exatamente o que acontece com este livro.

A Willa é aquele tipo de pessoa que todos amam, porque tem um coração super fofo e que encanta demais.

Enquanto o Keane é aquele tipo de homem que vai te conquistando aos poucos, e que por mais que diga que não quer se envolver, a cada momento se envolve mais e que vai te fazendo criar expectativas maravilhosas sobre ele.

O casal é puro amorzinho, eu conseguia ver o livro facilmente sendo adaptado para uma comédia romântica “a lá” sessão da tarde.

A história é bem fluída e eu consegui ler ele rapidinho, de tão gostosa que é.

Além disso é um livro que vai te aquecer demais, pois até os dramas são tratados de uma forma leve e aborda várias questões, mas sem ter um conteúdo mais pesado.

Fiquei encantada com o casal e arrumei um espacinho pra eles no coração.

Resenha: Leis da atração / Simone Elkeles

Resenha: Leis da atração / Simone Elkeles

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

382 páginas || @simoneelkeles || @globolivros


Sinopse: SEGUNDO VOLUME DA TRILOGIA BEST-SELLER QUÍMICA PERFEITA

Carlos Fuentes voltou aos Estados Unidos, mas não está feliz com nenhum dos planos que seu irmão mais velho, Alex, traçou para ele. Carlos quer continuar vivendo à margem da lei e trilhar seu próprio caminho, mas os elos com a perigosa gangue com que ele se envolveu no México estão colocando sua liberdade em risco.

Quando encontram drogas em seu armário da escola, Carlos é transferido para a casa de um antigo professor de seu irmão, que tem uma família bem-estruturada e uma filha estudiosa e tímida, Kiara. Apesar de serem de mundos completamente opostos, Carlos e Kiara serão forçados a viver juntos e descobrirão que, quando há atração, as diferenças são esquecidas.

À medida que o perigo cresce, Carlos começará a questionar se aquela família americana é mesmo sua única saída, e se vale a pena se arriscar por uma chance em uma vida que ele nunca sonhou ser possível.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro LEIS DA ATRAÇÃO, que eu recebi em parceria com a Globo Livros, que é o segundo livro da trilogia dos irmãos Fuentes.

Carlos Fuentes acaba de retornar aos Estados Unidos, depois de ter voltado a morar no México por um tempo para proteger sua mãe e seu irmão mais novo, que estavam em perigo por causa da ligação que seu irmão teve no passado com uma gangue.

Apesar de voltar, ele não quer seguir os planos que seu irmão traçou, pelo contrário, ele quer continuar vivendo à margem da lei, e fazendo o que bem entender.

Mas quando um dia encontram drogas no seu armário do colégio, ele é forçado a ir morar com o ex professor do seu irmão.

O que ele não espera é sentir uma atração pela filha do professor.

Kiara é o oposto do tipo de mulher que atrai Carlos, mas será que mesmo com tantas diferenças, o coração é capaz de não se apaixonar?

Kiara fará Carlos questionar tudo o que sempre quis para sí.

Será que esse jovem problemático tem solução?

🌷Este livro é o segundo livro da série dos irmãos Fuentes, onde o primeiro é o livro Química Perfeita (tem resenha aqui no Instagram). E desde que eu vi a capa dele, e por ter amado demais o primeiro livro, eu fiquei super curiosa sobre como a história do Carlos iria se desenvolver.

Apesar de ele aparecer no primeiro livro, ele foi uma grata surpresa neste.

O Carlos é forte, e mesmo com a sua teimosia enorme, é impossível você não ir se apegando nele aos poucos.

E como não torcer por um final feliz e por uma mudança na vida de um jovem com potencial enorme, mas que a vida o levou para o caminho “errado”. A escrita da Simone continua totalmente fluída. Ela consegue te prender na história de uma forma tão grande, que eu acabei esse livro em pouquíssima horas, e me vi tão envolvida pelos acontecimentos, que a cada página virada eu torcia mais e mais pelo casal.

Este livro mostra para todos que pela pessoa certa, vale a pena você construir um novo futuro, e que futuro maravilhoso que a autora nos presenteia no epílogo, já que ela nos fala como está o casal 28 anos depois do fim.

Continua nos comentários..

Resenha: Vergonha / Brittainy C. Cherry

Resenha: Vergonha / Brittainy C. Cherry

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

418 páginas || @bcherryauthor || @grupoeditorialrecord


Sinopse: Um amor inesperado que surge de forma inusitada e arrebata a vida de Grace Harris. Grace Harris está perdida e sozinha em sua casa em Atlanta depois que o homem que ela pensou que ficaria a seu lado pelo resto da vida traiu sua confiança, partiu seu coração e saiu de casa, deixando seu casamento em suspenso. Grace resolve, então, passar o verão com a família em Chester, sua cidade natal, para respirar, dar um tempo de tudo. Sua vida está uma bagunça e o que ela precisa no momento é de um pouco de gentileza e compaixão. Por incrível que pareça, Grace encontra isso na pessoa mais improvável de todas: Jackson Emery, a ovelha negra da cidade. Conhecido como a erva daninha de Chester, ele é sinônimo de encrenca, e não faz nada para mudar essa imagem. Tendo perdido na infncia o que havia de mais valioso na vida, Jackson se tornou um homem amargurado e não dá a mínima para o que pensam dele. Os caminhos de Grace e Jackson acabam se cruzando de um jeito inusitado e a tristeza profunda que carregam atrai os dois como ímã. Ambos sabem que não foram feitos um para o outro, mas, como tudo vai acabar mesmo com o fim do verão, resolvem deixar rolar e se entregar a uma diversão passageira. Porém, o que Grace não imaginava é que seu coração, já destroçado, seria obrigado a aprender que certos relacionamentos são capazes de causar dores muito profundas, e que é sempre preciso fazer uma escolha.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro VERGONHA que eu recebi em parceria com o Grupo Editorial Record.

Grace acaba de ser abandonada pelo marido.

O homem por quem desejou seus votos e que achou que viveria seu felizes para sempre, acabou se mostrando um traidor. Mas mesmo com a traição, Grace ainda queria que seu marido mudasse e que não a abandonasse.

Até que, de volta a pequena cidade do interior do Arizona, ela se depara com o problemático, Jackson Emery.

Jackson não é o homem certo para alguém tão perfeita como Grace, mas quando ele se mostra mais sensível do que aparenta ser, como resistir?

Um toque de mãos, um beijo, um abraço que acalma, e então seu coração pode se curar. Mas quem precisa mais reaprender a amar? Jackson ou Grace?

⠀⠀

🌷Enquanto escrevo esta resenha, lágrimas escorrem do meu rosto. E não tá sendo fácil superar o que eu senti ao ler este livro.

Sabe quando você não acredita mais que alguém seja totalmente puro? Pois é, mas aí você encontra uma mocinha como a Grace e ela te mostra que sim, existem pessoas que acabam só vendo o lado bom das pessoas, e não é que elas sejam bobas, pelo contrário, são puras de alma e isso aquece demais o coração.

E aí você conhece o Jackson e seu coração quebrado e aquela fachada de não querer sentir nenhuma emoção.

Junte alguém que sente demais e alguém que não quer sentir, e te apresento um dos casais mais bonitos que já li até hoje.

Eu nem tinha terminado este livro e já sabia que ele tinha entrado no meu top 10, com 5 estrelas com certeza e que eu jamais esqueceria o que eu senti ao ler.

E aí cheguei a última página e como não amar? Como não se apaixonar por uma história onde perdão, família, amor e fé, andam sempre lado a lado?

Eu me apaixonei por cada parte dos personagens.

Eu entendi eles, sofri com eles e me apaixonei completamente por cada um deles.

E só te peço um pequeno favor agora, caro leitor: pare agora o que está lendo e leia este livro. E se você não se emocionar como eu me emocionei, vou entender que eu não sei mais nada sobre o que é o amor.

Resenha: Imperfeitos / Lauren Layne

Resenha: Imperfeitos / Lauren Layne

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

272 páginas || @laurenlayneauthor || @editoraparalela


Será que Michael conseguirá encontrar um final feliz depois de ser rejeitado por Olivia? Uma comédia romântica surpreendente sobre como recomeços podem ser a cura para um coração partido.

Quantas vezes um mesmo coração aguenta ser despedaçado? Essa é a pergunta que atormenta Michael St. Claire, o ex-bon vivant que, após ser rejeitado por Olivia e abandonado pelo melhor amigo, deixa o glamour nova-iorquino para trás e vai trabalhar num clube de tênis numa cidadezinha no Texas. Há um motivo secreto por trás dessa escolha geográfica: é lá que se encontram seu pai biológico e seu meio-irmão, Devon, que não fazem ideia de sua existência. 
O que o plano de Michael não previa era conhecer Chloe, a garota mais inteligente, sarcástica e original que ele já vira. Em pouco tempo, eles se tornam grandes amigos, e quando Michael descobre que Chloe é apaixonada por Devon ele resolve que irá ajudá-la. Mas será que dois corações rejeitados conseguem, juntos, construir um recomeço? Ou irão apenas se machucar, perdidos na eterna busca por aceitação e pertencimento?


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro IMPERFEITOS, que é o terceiro livro da série Recomeços, que eu recebi em parceria com a editora Paralela.

Michael St. Claire sofreu bastante.

Depois de se apaixonar pela namorada do melhor amigo e acabar perdendo a amizade de ambos, ele acaba decidindo abandonar tudo para recomeçar.

Só que este não é o único motivo que faz com que Michael saia de Manhattan e se mude para o Texas: ele acaba descobrindo um segredo de sua família que pode mudar tudo o que sempre pensou.

E quando ele se muda decidido a conhecer mais sobre o seu passado, ele acaba conhecendo a engraçada, sarcástica e incrível, Chloe.

Chloe está longe de ser o modelo de mulher perfeita. Suas curvas não são de modelo, pelo contrário, ela não se preocupa em nada com a aparência.

Só que Chloe guarda um segredo: é apaixonada pelo namorado de sua irmã, e acaba fazendo um trato com Michael que decide ajudá-la a recuperar a alto-estima e conquistar o homem que sempre sonhou.

Só que quando já se sabe como é ser a segunda opção, Michael sabe que deixar Chloe passar pelo mesmo que passou é difícil.

Será que ele será capaz de ajudá-la? E como não misturar seus sentimentos por essa moça que não tem nada em comum consigo? Onde ambos são imperfeitos para o amor, o que será capaz de torná-los perfeitos um para o outro?

⠀⠀⠀⠀

🌷Esse é com certeza o livro mais bonito desta trilogia.

O que eu mais gostei nessa série, foi que a autora misturou os personagens fazendo com que eles tivessem diferenças, mas que essas diferenças acabassem justamente os aproximando.

E como não amar a Chloe? Ela é aquela típica personagem que você quer ser a melhor amiga dela e que quer ter sempre ela do seu lado.

O Michael é um personagem que desde o primeiro livro eu fiquei super curiosa para conhecer a fundo, e apesar do seu jeito carrancudo do começo, como não se apaixonar pelo “gostosão”? Eu simplesmente adorei a construção do casal. Adorei que tudo aconteceu aos poucos, adorei todo o clichê envolvido e adorei como a autora conseguiu juntar as histórias no final e dar um gostinho mais de todos.

Resenha: Uma proposta e nada mais / Mary Balogh

Resenha: Uma proposta e nada mais / Mary Balogh

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

271 páginas || Mary Balogh || @editoraarqueiro


Sinopse: Primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, Uma proposta e nada mais é uma história intensa e cativante sobre segundas chances e sobre a perseverança do amor. “Mary Balogh escreve com perspicácia e inteligência. Este é um livro emocionante e divertido, o primeiro de uma série que promete ser extraordinária.” – Romance Reviews Today “Um romance de época de profundidade impressionante.” – Publishers Weekly Após ter tido sua cota de sofrimentos na vida, a jovem viúva Gwendoline, lady Muir, estava mais que satisfeita com sua rotina tranquila, e sempre resistiu a se casar novamente. Agora, porém, passou a se sentir solitária e inquieta, e considera a ideia de arranjar um marido calmo, refinado e que não espere muito dela. Ao conhecer Hugo Emes, o lorde Trentham, logo vê que ele não é nada disso. Grosseirão e carrancudo, Hugo é um cavalheiro apenas no nome: ganhou seu título em reconhecimento a feitos na guerra. Após a morte do pai, um rico negociante, ele se vê responsável pelo bem-estar da madrasta e da meia-irmã, e decide arranjar uma esposa para tornar essa nova fase menos penosa. Hugo a princípio não quer cortejar Gwen, pois a julga uma típica aristocrata mimada. Mas logo se torna incapaz de resistir a seu jeito inocente e sincero, sua risada contagiante, seu rosto adorável. Ela, por sua vez, começa a experimentar com ele sensações que jamais imaginava sentir novamente. E a cada beijo e cada carícia, Hugo a conquista mais – com seu desejo, seu amor e a promessa de fazê-la feliz para sempre.


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro UMA PROPOSTA E NADA MAIS, que é o primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, e que foi publicado pela Editora Arqueiro.

Gwendoline, mais conhecida como Lady Muir, é uma jovem viúva, que após a morte de seu marido fechou seu coração para o amor.

Mas quando durante uma caminhada, ela acaba caindo e um homem acaba à auxiliando, ela sente seu coração bater novamente como quando era casada com seu falecido esposo.

Lord Trentham, é um ex-oficial, e junto com seus amigos faz parte do Clube dos sobreviventes.

Ele é carrancudo, mal humorado, e tudo o que Gwen não procura nem em um amante, muito menos em um marido.

Mas o desejo às vezes pode ser mais forte. Será que eles conseguirão colocar as diferenças de lado em prol do verdadeiro amor?

⠀⠀⠀⠀

🌷Confesso que quando eu comecei, eu tive uma dificuldade de me identificar com os personagens.

Eu achava a mocinha um tanto chatinha e o mocinho muito depressivo, o que me incomodou um pouco no princípio.

Mas a medida que eu fui lendo, fui me apegando a eles e vendo o quanto um fazia bem pro outro, e com isso eu aprendi a gostar deles.

Em alguns momentos, até suspirei e achei as cenas e as implicações entre eles fofa e gostosa.

Além disso, muitos personagens são apresentados, o que faz com que nos apeguemos a vários deles e que te deixe curioso sobre eles no decorrer da leitura.

A escrita da Mary Balogh é muito envolvente, você acaba lendo o livro muito rápido, de tanto que a história vai fluindo bem.

Eu consegui visualizar as cenas, consegui terminar apegada aos personagens e super feliz com o final. E agora é claro, super curiosa pra ler o próximo livro e me apaixonar.

Resenha: Como num filme / Lauren Layne

Resenha: Como num filme / Lauren Layne

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

223 páginas || @laurenlayneauthor || @editoraparalela


Sinopse: As regras são claras… até o momento em que são quebradas. Neste livro da série Recomeços, conheça a história de Ethan.

As únicas coisas que o mauricinho Ethan e a rebelde Stephanie têm em comum são o curso de cinema na Universidade de Nova York e o roteiro que precisam desenvolver juntos. Mas, quando a proposta de recriar clássicos de Hollywood se confunde com a realidade, eles acabam se tornando os protagonistas de uma história de amor digna de Oscar! 
Ela quer um quarto confortável em uma boa casa. Ele quer ficar longe de sua ex. Eles precisam de uma boa nota. Convencidos a ajudar um ao outro, os dois entram em um acordo: Stephanie será a namorada de mentirinha de Ethan enquanto ele a deixa morar em seu apartamento. Para isso, ela deverá fingir ser uma perfeita lady: discreta, arrumadinha e, claro, completamente apaixonada… igualzinha à personagem do filme que estão criando. 
Contudo, à medida que os dois se aproximam, Ethan se vê completamente apaixonado pela garota cheia de mistérios e contradições ao seu lado. Agora, ele vai ter que decidir: será que seus sentimentos são pela Stephanie de verdade? Ou apenas pela versão que ele criou?


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro COMO NUM FILME, que é o segundo livro da série Recomeços, e que foi publicado pelo editora Paralela.

Ethan acaba de passar por uma grande desilusão, e querendo se ver livre um pouco da pressão de passar todo o verão na empresa da família, ele acaba se inscrevendo para um curso de férias de cinema.

E então quando está a caminho, ele cruza com a desconhecida, Stephanie.

Stephanie é o oposto de Ethan. Adora vestir preto, carrega muito a maquiagem, e vive com suas calças largas e suas botas, enquanto Ethan é o típico menininho da mamãe.

Só que por causa deste curso de verão, eles acabam tendo que trabalhar juntos e criar um roteiro de um novo filme que o professor os obriga a fazer juntos.

E quando eles decidem basear a história do filme, e fazer deles os atores principais, a regra é clara: nada de misturar a mentira com a vida real.

Mas será que eles são capazes de manter a atração que sentem apenas na mentira, ou a vida real vai ultrapassar todas as barreiras?

⠀⠀⠀⠀

🌷Eu amo casais improváveis. Sabe quando aquele casal tem tudo pra não dar certo, mas as diferenças fazem com que fiquem perfeitos juntos?

Este casal é assim. Ambos são o oposto em varias coisas e por isso a química toda acontece.

E o jeito como um acaba mudando o outro para melhor é o ponto alto da história.

Quando eu conheci o Ethan e a Stephanie no primeiro livro, eu claro que fiquei bem curiosa sobre a história dos dois, e aí quando vi que este livro era sobre a história deles, eu sabia que iria amar.

O nome do livro tem total relação com a história e eu iria assistir à uma adaptação dessa história com certeza, até porque é aquela típica comédia romântica que amamos assistir na Netflix.

Doce na medida certa, engraçado como deve ser, e uma história que mostra que as vezes uma pessoa pode esconder a verdade de si, por trás de roupas e um jeito, mas que seu coração guarda feridas que só quem viveu pode saber.

Terminei este livro apaixonada pelo casal, suspirando bastante e querendo muito ler o próximo livro, e ver como a história vai se desenrolar.

Resenha: Em pedaços / Lauren Layne

Resenha: Em pedaços / Lauren Layne

Resenha 🌷

#resenhameuromeo

245 páginas || @laurenlayneauthor || @editoraparalela


Sinopse: Nessa recontagem moderna de A Bela e a Fera, Lauren Layne nos traz uma história irresistível de perdão, cura e, acima de tudo, amor.Aos 22 anos, Olivia Middleton tem Nova York aos seus pés. Por fora, ela é a garota perfeita ― linda, inteligente e caridosa. Mas por dentro ela guarda um segredo terrível: um erro que a afastou das duas únicas pessoas que realmente importavam na sua vida. Determinada a esquecer o passado, ela deixa Manhattan e vai trabalhar como cuidadora de um soldado recém-chegado da guerra. Mas o que ela não esperava era que seu paciente fosse um jovem enigmático de 24 anos tão amargurado quanto cativante.Paul Landon está furioso ― com o mundo, com a vida, com o seu pai e, acima de tudo, consigo mesmo. Depois de sofrer na pele os horrores da guerra do Afeganistão, a última coisa que ele quer é a companhia de uma princesa nova-iorquina linda, mimada e irritante. A presença de Olivia parece tóxica para Paul, mas ele não consegue afastá-la, mesmo tentando muito.Por mais que lutem contra uma atração intoxicante, Paul e Olivia não conseguem se manter distantes. Agora, precisam decidir: eles vão ajudar um ao outro a curar as feridas do passado ou vão se manter, para sempre, em pedaços?


Olá leitores, hoje trago a resenha do livro EM PEDAÇOS, que é o primeiro livro da série Recomeços, e que foi publicado pelo editora Paralela.

Olívia Middleton tem a vida dos sonhos. Mora em Nova York, sua família é muito rica, é linda, e possui amigas das quais gosta muito. É delicada e passa a imagem perfeita.

Porém, por causa de um erro, ela acaba afastando duas das pessoas mais importantes de sua vida.

Vivendo com a culpa e cansada dessa vida de luxo e futilidades, ela acaba decidindo se candidatar a uma vaga de cuidadora no Maine.

Seu trabalho é ser cuidadora de um sobrevivente da guerra. A princípio ela acha que encontrará um homem mais velho e totalmente incapacitado, só que a realidade não é bem essa.

Ele é lindo, mesmo com as cicatrizes e o problema na perna, mas existem marcas da guerra em um homem que ninguém pode imaginar.

Será que Olívia é capaz de curar este homem sem coração? Será que a bela pode recuperar a alma da fera?

⠀⠀⠀⠀

🌷Quando eu decidi começar esse livro, eu vi algumas opiniões negativas e confesso que em um primeiro momento eu fiquei receosa.

Como eu já havia lido Mais que amigos, da mesma autora, eu decidi dar uma chance.

Claro que cada um tem uma opinião, mas eu antes de começar, pela sinopse, já fui preparada para o mocinho ser bem ogro, e pra mim que não me incomodo com isso, não senti tanto.

Eu gostei da leitura. Eu sempre fico com pena das pessoas e sempre me coloco no lugar do sofrimento do outro, e por mais que nada justifique certas atitudes, eu sempre tento ver pelo outro lado e isso chama-se compaixão e empatia.

Então eu já comecei ele sendo empática e praticando a compaixão pelo outro, e portanto não me incomodei com o mocinho.

E eu torci por eles. Torci pra Olívia se reencontrar, pra ser feliz novamente, apesar do erro dela ter custado a felicidade de duas pessoas. E eu torci demais pro Paul recuperar sua alma que estava “perdida”. Algumas vezes eu quis bater nele, mas em alguns momentos eu entendi o sofrimento dele.